Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do papel de proteases secretadas por leptospira na degradação e inativação de moléculas do hospedeiro

Processo: 18/12896-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2018 - 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Angela Silva Barbosa
Beneficiário:Angela Silva Barbosa
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Leptospira  Invasão  Interações hospedeiro-patógeno 

Resumo

Leptospiras são bactérias espiroquetas com grande capacidade invasiva, dotadas de estratégias eficientes para disseminação no hospedeiro. Recentemente, nosso grupo demonstrou que leptospiras patogênicas secretam proteases capazes de clivar e inativar moléculas-chave do sistema complemento, da matriz extracelular e do plasma humano. Neste projeto pretende-se ampliar o leque de investigação de possíveis alvos das proteases secretadas por leptospiras patogênicas, bem como caracterizar uma nova metaloprotease, a papalisina, identificada em estudos prévios de análise proteômica por nós realizados. No subprojeto 1 pretende-se produzir a papalisina recombinante e avaliar seus efeitos in vitro sobre moléculas do hospedeiro e in vivo sobre a microcirculação do músculo cremaster de camundongos por microscopia intravital. No subprojeto 2 objetiva-se avaliar o papel de proteases secretadas por Leptospira na degradação e inativação do peptídeo antimicrobiano LL-37. Peptídeos antimicrobianos são relativamente resistentes à degradação proteolítica, mas há relatos de proteases bacterianas com amplo espectro de atividade que clivam e inativam de forma eficiente tais peptídeos.A caracterização de mecanismos relacionados à patogênese da bactéria Leptospira vem sendo nossa principal linha de pesquisa e acreditamos que este projeto possa, eventualmente, contribuir para o futuro desenvolvimento de estratégias terapêuticas e/ou preventivas que possam interferir no processo de invasão e destruição tecidual observados na leptospirose. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARBOSA, ANGELA SILVA; ISAAC, LOURDES. Strategies used byLeptospiraspirochetes to evade the host complement system. FEBS Letters, v. 594, n. 16, SI, p. 2633-2644, . (18/12896-2, 17/12924-3)
BARBOSA, ANGELA SILVA; ISAAC, LOURDES. Strategies used byLeptospiraspirochetes to evade the host complement system. FEBS Letters, . (17/12924-3, 18/12896-2)
OLIVEIRA, PRISCILA N.; COURROL, DANIELLA S.; CHURA-CHAMBI, ROSA MARIA; MORGANTI, LIGIA; SOUZA, GISELE O.; FRANZOLIN, MARCIA R.; WUNDER JR, ELSIO A.; HEINEMANN, MARCOS B.; BARBOSA, ANGELA S.. Inactivation of the antimicrobial peptide LL-37 by pathogenic Leptospira. Microbial Pathogenesis, v. 150, . (18/12896-2)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.