Busca avançada
Ano de início
Entree

LiSN-S: Elaboração de Banco de Dados em Português e critérios de normalidade para escolares de 6 a 11 anos.

Processo: 17/25267-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2018 - 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Francisca Colella dos Santos
Beneficiário:Maria Francisca Colella dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Bruno Sanches Masiero
Assunto(s):Crianças  Processamento auditivo  Testes auditivos  Audição  Audiologia 

Resumo

Trata-se de um projeto de pesquisa a ser realizado em parceria entre a Faculdade de Ciências Médicas/Departamento de Desenvolvimento Humano e Reabilitação e a Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação/Departamento de Comunicações, ambos da UNICAMP; com colaboração do Prof. Dr. Harvey Dillon da Universidade Macquerie- Austrália e diretor do NAL (Nacional Acoustic Laboratories- Austrália). O Listening in Spatialized Noise - Sentences -LISN-S é um teste de interação binaural, aplicado por meio de um software computacional especial, via fone de ouvido, que produz um ambiente auditivo virtual tridimensional, com objetivo de avaliar o processamento espacial de indivíduos com queixas relacionadas ao TPAC. O objetivo geral deste projeto será desenvolver o banco de dados em português para o teste LiSN-S, incluindo critérios de referência de normalidade para faixa etária de 6 a 11 anos. Além de analisar os resultados obtidos em crianças normais no teste e reteste e em crianças com histórico de otite média. O projeto será desenvolvido em quatro etapas. A primeira etapa consistirá na produção do material de fala para o banco de dados em português para o teste LiSN-S. Na Parte II, o experimento irá determinar a inteligibilidade relativa das frases para realizar ajustes na gravação e obter equivalência de inteligibilidade entre as frases. Na terceira parte será desenvolvido experimento para determinar critérios de normalidade para cada faixa etária, a partir do material de fala em português desenvolvido para o teste LiSNS e na quarta parte, o material de fala elaborado será estudado em crianças com otite média. Será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Unicamp. Espera-se que os resultados obtidos nesta pesquisa poderão fornecer subsídios para compreensão do funcionamento das estruturas do sistema nervoso auditivo central envolvidas nas tarefas de interação binaural, desde o núcleo coclear até o córtex auditivo. Além de revelar a importância de estudar o processamento espacial em crianças com TPAC, principalmente com queixas relacionadas a dificuldade de ouvir em ambiente ruidoso, para contribuir com o diagnóstico e planejamento de reabilitação mais completa e eficiente. Espera-se também que esta pesquisa inovadora forneça subsídios para pesquisas futuras. (AU)