Busca avançada
Ano de início
Entree

Efetividade de intervenções anti-bullying realizadas em Brasil e Portugal

Processo: 18/04570-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2018 - 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Jorge Luiz da Silva
Beneficiário:Jorge Luiz da Silva
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Pesq. associados:Diene Monique Carlos ; Lidiane Cristina da Silva Alencastro ; Maria Beatriz Ferreira Leite de Oliveira Pereira ; Marta Angélica Iossi Silva ; Wanderlei Abadio de Oliveira
Assunto(s):Bullying  Violência  Prevenção 

Resumo

O bullying escolar, considerado problema de saúde pública, afeta a qualidade da escolarização e o desenvolvimento psicossocial de crianças e adolescentes. Portanto, é importante o desenvolvimento de intervenções visando a prevenção e a redução de sua ocorrência nas escolas. A literatura indica que as intervenções mais efetivas são aquelas que envolvem a diversidade de características e causalidades desse fenômeno e que conscientizem os estudantes sobre a natureza prejudicial da violência. Partindo desses pressupostos, o objetivo geral deste estudo é avaliar os efeitos de duas intervenções anti-bullying desenvolvidas no Brasil e de uma desenvolvida em Portugal. A primeira proposta interventiva é multidimensional, direcionada simultaneamente a estudantes, equipe escolar, família e comunidade. A segunda proposta visa conscientizar os estudantes não envolvidos no bullying a se posicionarem contra as agressões e defenderem as vítimas. A terceira se baseia na metodologia do Teatro do Oprimido, desenvolvida a partir da obra de Paulo Freire, que defende o diálogo e a cooperação na busca por problematizar, compreender e transformar realidades opressoras, como os contextos de bullying. Este estudo, com recorte para Brasil e Portugal, constitui uma das etapas de um macroprojeto internacional destinado à elaboração, implementação e avaliação de intervenções anti-bullying em países de língua oficial portuguesa. Ele será realizado com delineamento quase-experimental (grupo intervenção e grupo comparação). Os dados serão coletados mediante a aplicação de questionários, nos períodos antes e depois da intervenção, e serão analisados estatisticamente. Espera-se que as intervenções melhorem a convivência entre pares na escola, previnam e reduzam as situações de bullying. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.