Busca avançada
Ano de início
Entree

Vias de sinalização de dano no DNA: mecanismos de regulação e integração com o metabolismo celular

Processo: 18/05417-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de outubro de 2018 - 30 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:José Renato Rosa Cussiol
Beneficiário:José Renato Rosa Cussiol
Instituição-sede: Instituto Nacional de Farmacologia (INFAR). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/25497-1 - Investigação de um possível papel de Opi1, uma proteína repressora do metabolismo de fosfolipídeos, na regulação da sinalização de dano ao DNA, BP.MS
19/19155-0 - Caracterização de um possível mecanismo de regulação pós- traducional na função da proteína adaptadora Dpb11 durante a resposta ao dano de DNA em Saccharomyces cerevisiae, BP.IC
19/03171-7 - Caracterização do papel da proteína Opi1, um repressor do metabolismo do inositol, na resposta ao dano de DNA em Saccharomyces cerevisiae, BP.IC
Assunto(s):Instabilidade genômica  Fosforilação  Fosfatos de inositol  Dano ao DNA  Cromatina  Transdução de sinais 

Resumo

A resposta ao dano genômico compreende uma rede de vias celulares responsáveis por detectar a lesão, sinalizar e ativar vias de reparo e tolerância a danos à cromatina. Como parte dessa resposta, a proteína quinase Mec1 (ATR em humanos) coordena a via de sinalização de checkpoint de dano ao DNA. A transdução do sinal iniciada por Mec1 resulta na regulação por fosforilação de centenas de proteínas responsáveis por modular muitos aspectos do programa celular, preservando assim a estabilidade genômica. Utilizando a levedura Saccharomyces cerevisiae como organismo modelo, este projeto tem como objetivo geral caracterizar os mecanismos moleculares envolvidos na regulação da via de sinalização de Mec1 assim como compreender como ela se integra com os processos metabólicos de maneira a garantir a homeostase celular durante o dano genômico. Mais especificamente, o presente projeto consiste de três programas de pesquisa que investigarão: 1 - As funções de Dpb11, uma proteína adaptadora da sinalização promovida por Mec1, na regulação da resposta ao dano de DNA. 2 - O mecanismo pelo qual o metabolismo de fosfolipídeos se integra à resposta ao dano genômico e o papel regulatório de Mec1 nesse processo. 3 - O papel da sinalização de checkpoint de dano ao DNA na manutenção da função mitocondrial. No geral, esse programa de pesquisa vai contribuir para uma melhor compreensão a respeito dos mecanismos envolvidos na tolerância da célula ao dano genômico, a força-motriz por trás da progressão de tumores e de outras doenças em humanos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Mestrado em biologia molecular na Unifesp com bolsa da FAPESP 
Mestrado em sinalização celular na Unifesp com bolsa da FAPESP 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JOSÉ RENATO ROSA CUSSIOL; BÁRBARA LUÍSA SOARES; FRANCISCO MEIRELLES BASTOS DE OLIVEIRA. From yeast to humans: Understanding the biology of DNA Damage Response (DDR) kinases. GENETICS AND MOLECULAR BIOLOGY, v. 43, n. 1, p. -, 2020.
ROSA CUSSIOL, JOSE RENATO; SOARES, BARBARA LUISA; BASTOS DE OLIVEIRA, FRANCISCO MEIRELLES. From yeast to humans: Understanding the biology of DNA Damage Response (DDR) kinases. GENETICS AND MOLECULAR BIOLOGY, v. 43, n. 1, 1 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.