Busca avançada
Ano de início
Entree

Limites geográficos e fatores causais de endemismo na Mata Atlântica em Diptera

Processo: 03/10274-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático
Vigência: 01 de dezembro de 2004 - 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Dalton de Souza Amorim
Beneficiário:Dalton de Souza Amorim
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Nelson Papavero
Auxílios(s) vinculado(s):07/50878-1 - Nelson papavero | pessoa física - Brasil, AV.BR
07/50877-5 - Sixto Coscarón | Universidad Nacional la Plata - Argentina, AV.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):09/12298-9 - Revisão e análise filogenética do gênero Ectecephalina Paganelli, 2002 (Diptera: Chloropidae), BP.MS
08/58224-3 - Análise cladística de Diaphorinae (Diptera: Dolichopodidae), BP.DR
08/56524-0 - Revisão e análise filogenética do gênero coniceromyia borgmeir, 1923 (Diptera: Phoridae), BP.MS
+ mais bolsas vinculadas 08/52324-6 - Análise cladística de Leiinae (Diptera: Mycetophilidae), BP.DR
08/50404-2 - Filogenia e biogeografia de Tabanomorpha (Diptera, Brachycera), com ênfase na determinação de áreas de endemismo e das relações biogeográficas da fauna neotropical, BP.PD
07/59466-8 - Análise cladística dos Orfeliini (Diptera, Keroplatidae, Keroplatinae), BP.DR
07/58579-3 - Diversidade e distribuição de coniceromyia borgmeier (Diptera: Phoridae) na Floresta Atlântica, BP.IC
07/50696-0 - Filogenia de Tipulomorpha e estabelecimento de uma coleção de referência para a fauna neotropical, com ênfase na Mata Atlântica, BP.PD
06/58086-4 - Revisão e análise filogenética do gênero Lyroneurus Loew, 1857 (Diptera: Dolichopodidae: Diaphorinae), BP.MS
06/58085-8 - Revisão e análise filogenética de Dziedzickia johannsen (Diptera, Bibionomorpha, Mycetophilidae), BP.MS
06/56982-2 - Limites geográficos e fatores causais de endemismo na Floresta Atlântica em Diptera, BP.TT
05/60435-4 - Padrões de distribuição das espécies de Lauxaniidae (Diptera, Schizophora) ao longo da Floresta Atlântica, BP.IC
05/60434-8 - Padrões de distribuição das espécies de Drosophilidae (Diptera, Schizophora) ao longo da Floresta Atlântica, BP.IC
06/50252-2 - Limites geográficos e fatores causais de endemismo na Floresta Atlântica em Diptera, BP.TT
05/56185-2 - Revisão e análise filogenética de melosymmerus (Diptera, Bibionomorpha, Ditomyiidae), BP.MS
05/56181-7 - Identificação e distribuição de Limoniidae (Diptera, Tipulomorpha) na Floresta Atlântica, coletados em armadilhas malaise, BP.IC
05/56180-0 - Identificação e distribuição de Mycetophilidae (Diptera, Bibionomorpha) na Floresta Atlântica, coletados em armadilhas malaise, BP.IC
05/54803-0 - Limites geográficos e fatores causais de endemismo na Floresta Atlântica em Diptera, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Diptera  Biogeografia  Mata Atlântica  Conservação biológica 
Publicação FAPESP:http://www.fapesp.br/biota/biota_amorim.pdf

Resumo

O conhecimento sobre a diversidade biológica não corresponde apenas a uma lista de nomes de espécies. A diversidade biológica está distribuída de modo heterogêneo no espaço. Apesar da ênfase crescente dada à biodiversidade, no entanto ainda se conhece muito pouco sobre os padrões de distribuição geográfica das espécies e as causas desses padrões. Em outras palavras, ainda não é possível estabelecer mapas de distribuição das espécies brasileiras da maioria dos grupos - nem mesmo nas áreas mais bem estudadas. Tampouco é possível determinar quais eventos na história do continente resultaram nessa distribuição. Essas deficiências têm implicações para políticas de conservação e para a compreensão de processos evolutivos básicos. As ações de conservação são em grande parte fundamentadas no conhecimento da distribuição geográfica das espécies. A compreensão da velocidade da evolução depende fundamentalmente de uma associação correta entre os limites geográficos entre as espécies e a idade dos eventos que causam os processos de cladogênese. Na literatura, há teorias biológicas e biogreográficas conflitantes a esse respeito. Esse projeto pretende utilizar material biológico coletado de forma padronizada ao longo da Floresta Atlântica, com ênfase para o estado de São Paulo, para delimitar as áreas de endemismo de grupos de Diptera e aplicar os métodos de análise filogenética e biogeográfica para estudar congruência entre padrões. Os padrões congruentes com a história geológica da América do Sul indicam grupos associados à origem do continente na Gondwana, de modo que sua diversidade teria sido gerada em um processo nos úlimos 80.000.000 de anos. Os grupos discordantes do padrão biogeográfico geral e da história geológica da América do Sul devem ter se originado por dispersão, especialmente a partir da região Neártica. O material de Diptera de diferentes famílias estudado no projeto permitirá uma documentação - por digitalização de imagens - de ampla escala, a ser disponibilizada em uma Home Page que incluirá chaves ilustradas de identificação, catálogo das espécies Neotropicais, informação sobre biologia e mapas de distribuição. Esse é um mecanismo eficaz de disponibilizar informação técnica para públicos com diferentes níveis de interesse em Diptera ou em conservação. (AU)

Publicações científicas (12)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AMORIM, DALTON S.; SANTOS, CHARLES M. D. Flies, endemicity, and the Atlantic Forest: a biogeographical study using topographic units of analysis. AUSTRALIAN SYSTEMATIC BOTANY, v. 30, n. 5-6, p. 439-469, JAN 31 2018. Citações Web of Science: 6.
VERA CRISTINA SILVA; LIVIA MARIA FRARE. Taxonomic revision of the Neotropical Lauxaniidae genus Neopachycerina Malloch, 1933 (Diptera: Schizophora), with description of a new species. Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo), v. 58, p. -, 2018.
TONUS MARINHO, MARCO ANTONIO; WOLFF, MARTA; RAMOS-PASTRANA, YARDANY; LIMA DE AZEREDO-ESPIN, ANA MARIA; AMORIM, DALTON DE SOUZA. The first phylogenetic study of Mesembrinellidae (Diptera: Oestroidea) based on molecular data: clades and congruence with morphological characters. CLADISTICS, v. 33, n. 2, p. 134-152, APR 2017. Citações Web of Science: 7.
PIRANI, GABRIELA; AMORIM, DALTON DE SOUZA. Going beyond the tip of the Drosophilidae iceberg: New Cladochaeta Coquillett, 1900 (Diptera: Drosophilidae) from Brazil. Zootaxa, v. 4139, n. 3, p. 301-344, JUL 21 2016. Citações Web of Science: 1.
FACHIN, DIEGO AGUILAR; AMORIM, DALTON DE SOUZA. Taxonomic revision and cladistic analysis of the Neotropical genus Acrochaeta Wiedemann, 1830 (Diptera: Stratiomyidae: Sarginae). Zootaxa, v. 4050, n. 1, p. 1-110, NOV 30 2015. Citações Web of Science: 4.
CAPELLARI, RENATO SOARES; AMORIM, DALTON DE SOUZA. Systematic position of the monotypic Azorean genus Falbouria Dyte with notes on the definition of Chrysotus Meigen (Diptera: Dolichopodidae). Zootaxa, n. 3489, p. 81-88, SEP 19 2012. Citações Web of Science: 5.
CAPELLARI, RENATO SOARES; AMORIM, DALTON DE SOUZA. Mberu, a new neurigonine genus from southeastern Brazil (Diptera: Dolichopodidae). Zootaxa, n. 3101, p. 38-46, NOV 17 2011. Citações Web of Science: 2.
FALASCHI‚ R.L.; AMORIM‚ D.D.S. Review of the Neotropical species of Nervijuncta Marshall‚ 1896 (Diptera‚ Ditomyiidae). Zootaxa, v. 2219, p. 18-30, 2009.
RAMON LUCIANO MELLO; VERA CRISTINA SILVA. Revision of the genus Physoclypeus Hendel, 1907 (Diptera, Lauxaniidae), with description of seven new species. Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo), v. 48, n. 26, p. 289-315, 2008.
SANTOS, CHARLES MORPHY D.; AMORIM, DALTON S. Why biogeographical hypotheses need a well supported phylogenetic framework: a conceptual evaluation. Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo), v. 47, n. 4, p. 63-73, 2007.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.