Busca avançada
Ano de início
Entree

Transferabilidade de marcadores microssatélites em Culex nigripalpus (Diptera: Culicidae)

Processo: 18/16827-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de outubro de 2018 - 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Mauro Toledo Marrelli
Beneficiário:Mauro Toledo Marrelli
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Culicidae  Entomologia médica 

Resumo

Loci de micro-satélites especificamente projetados e otimizados para vetores secundários e espécies negligenciadas de mosquitos estão faltando. A transferência de loci de micro-satélites loci entre os táxons próximos tem sido usada como uma opção confiável, tendo sido feito com sucesso para Aedes taeniorhynchus, Triatomia sordida, e Aedes fluviatilis. No entanto, antes da utilização dos micro-satélites transferidos, estes devem ser avaliados pelo seu desempenho e confiabilidade nas espécies-alvo. Portanto, o objetivo deste estudo foi transferir e validar primers SSR previamente desenvolvidos para o complexo Culex pipiens para Culex nigripalpus. Culex nigripalpus foram coletados em sete locais diferentes em toda a cidade de São Paulo usando armadilhas CDC com isca de gelo seco entre 2011 e 2013, rendendo um total de 223 espécimes. Seis primers SSR foram transferidos com sucesso para Cx. nigripalpus produzindo resultados satisfatórios para a riqueza de alelos, variando de 5 alelos a 12 por locus. Os valores heterozigosidade esperados foram superiores aos valores de heterozigosidade observados (P < 0,05) para os loci CxqCTG10, CxqGT51 e Cxpq59. os resultados do desequilíbrio do ligação foram estatisticamente significativos apenas para a comparação entre os loci CxqCA115 e CxqCTG10, e a estimativa para a probabilidade de alelos nulos também foi baixa, variando de 0 a 0, 52. Esses resultados validam substancialmente a transferência dos SSRS para Cx. nigripalpus, bem como seu uso subsequente em estudos de microevolução que compõem esta espécie. (AU)