Busca avançada
Ano de início
Entree

Epidemiologia molecular e perspectivas genômicas na evolução e propagação de patógenos fúngicos emergentes

Processo: 17/27265-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de outubro de 2018 - 30 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Anderson Messias Rodrigues
Beneficiário:Anderson Messias Rodrigues
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Luisa Höfling-Lima ; Arnaldo Lopes Colombo ; Ferry Hagen ; Jesus Guinea ; João Nóbrega de Almeida Júnior ; Matthew Fisher ; Matthias Brock ; Roberta Peres da Silva ; Sybren de Hoog ; Zoilo Pires de Camargo
Auxílios(s) vinculado(s):18/24304-2 - EMU concedido no processo 2017/27265-5: analisador genético SeqStudio, AP.EMU
Bolsa(s) vinculada(s):19/14799-7 - Epidemiologia molecular e perspectivas genômicas na evolução e propagação de patógenos fúngicos emergentes, BP.TT
Assunto(s):Micologia  Doenças transmissíveis  Patógenos  Aspergilose  Fusariose  Esporotricose  Paracoccidioidomicose  Genômica  Epidemiologia molecular  Técnicas de diagnóstico molecular 

Resumo

As doenças fúngicas matam mais de 1,5 milhão de indivíduos e afetam anualmente mais de um bilhão de pessoas ao redor do mundo. Estas infecções ainda são um assunto negligenciado pelas autoridades de saúde pública, embora a maioria das mortes sejam evitáveis. Neste projeto, propomos explorar patógenos emergentes em algumas das principais micoses brasileiras, incluindo a Aspergilose, Fusariose, Esporotricose e Paracoccidioidomicose, integrando os sistemas de estudos (epidemiologia, diagnóstico e genômica), ampliando a rede de colaboração nacional e internacional. Nossos objetivos são identificar, diagnosticar e entender como as epidemias fúngicas evoluem. A primeira temática deste projeto utiliza métodos de epidemiologia molecular para investigar a interação patógeno-hospedeiro-ambiente, vias de transmissão e a emergência de doenças fúngicas. Assuntos chaves como a epidemiologia, a estrutura populacional, a diversidade genética e a associação com o hospedeiro serão amplamente exploradas. A segunda temática busca identificar novos marcadores genéticos e proteômicos que possam ser utilizados no diagnóstico precoce de infecções fúngicas utilizando como estratégia principal a detecção de marcadores em amostras teciduais e fluídos biológicos. Os testes diagnósticos são fundamentais para o acompanhamento do paciente e o controle das doenças. O diagnóstico errado ou a ausência do mesmo gera problemas na saúde pública, seja pela falência no tratamento ou na aplicação de uma terapêutica inadequada. A terceira temática utiliza o sequenciamento de próxima geração e a genômica comparativa para a tipagem molecular assim como para entendermos a evolução e dispersão das epidemias fúngicas, possibilitando rastrearmos surtos e epidemias correntes no Brasil. Essas informações fornecem uma oportunidade única para estudarmos a Biologia e a evolução dos fungos de relevância médica. Nossa abordagem experimental é um passo primordial para o reconhecimento de trajetórias epidemiológicas e evolutivas de agentes patogênicos com o intuito de propor melhores políticas de saúde pública para conter epidemias fúngicas e, portanto, reduzir o número de infecções em animais e seres humanos ou prevenir o surgimento de novos agentes patogênicos. (AU)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE CARVALHO, JAMILE AMBROSIO; HAGEN, FERRY; FISHER, MATTHEW C.; DE CAMARGO, ZOILO PIRES; RODRIGUES, ANDERSON MESSIAS. Genome-wide mapping using new AFLP markers to explore intraspecific variation among pathogenicSporothrixspecies. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 14, n. 7 JUL 2020. Citações Web of Science: 0.
MACEDO-SALES, PAMELLA ANTUNES; PEREIRA SOUZA, LUCIERI OLEGARIO; DELLA-TERRA, PAULA PORTELLA; LOZOYA-PEREZ, NANCY EDITH; DANTAS MACHADO, RICARDO LUIZ; DA SILVA DA ROCHA, ELISABETH MARTINS; LOPES-BEZERRA, LEILA MARIA; GUIMARAES, ALLAN JEFFERSON; RODRIGUES, ANDERSON MESSIAS; MANUEL MORA-MONTES, HECTOR; SOUZA DOS SANTOS, ANDRE LUIS; DE SOUZA BAPTISTA, ANDREA REGINA. Coinfection of domestic felines by distinct Sporothrix brasiliensis in the Brazilian sporotrichosis hyperendemic area. Fungal Genetics and Biology, v. 140, JUL 2020. Citações Web of Science: 0.
ALVES, MANOELLA DO MONTE; MILAN, EVELINE PIPOLO; DA SILVA-ROCHA, WALICYRANISON PLINIO; DE SENA DA COSTA, ALEXANDRE SOARES; MACIELID, BRUNO ARAUJO; CAVALCANTE VALE, PEDRO HENRIQUE; DE ALBUQUERQUE, PAULO ROBERTO; LIMA, SORAIA LOPES; DE AZEVEDO MELO, ANALY SALLES; RODRIGUES, ANDERSON MESSIAS; CHAVES, GUILHERME MARANHAO. Fatal pulmonary sporotrichosis caused by Sporothrix brasiliensis in Northeast Brazil. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 14, n. 5 MAY 2020. Citações Web of Science: 0.
RODRIGUES, ANDERSON MESSIAS; DELLA TERRA, PAULA PORTELLA; GREMIAO, ISABELLA DIB; PEREIRA, SANDRO ANTONIO; OROFINO-COSTA, ROSANE; DE CAMARGO, ZOILO PIRES. The threat of emerging and re-emerging pathogenic Sporothrix species. Mycopathologia, FEB 2020. Citações Web of Science: 0.
DO AMARAL, CRISTIANE CANDIDA; FERNANDES, GEISA FERREIRA; RODRIGUES, ANDERSON MESSIAS; BURGER, EVA; DE CAMARGO, ZOILO PIRES. Proteomic analysis of Paracoccidioides brasiliensis complex isolates: Correlation of the levels of differentially expressed proteins with in vivo virulence. PLoS One, v. 14, n. 7 JUL 2 2019. Citações Web of Science: 0.
HAHN, ROSANE CHRISTINE; RODRIGUES, ANDERSON MESSIAS; DELLA TERRA, PAULA PORTELLA; NERY, ANDREIA FERREIRA; HOFFMANN-SANTOS, HUGO DIAS; GOIS, HELLEN MEIRA; FERNANDES FONTES, COR JESUS; DE CAMARGO, ZOILO PIRES. Clinical and epidemiological features of paracoccidioidomycosis due to Paracoccidioides lutzii. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 13, n. 6 JUN 2019. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.