Busca avançada
Ano de início
Entree

Assinaturas de processos micro-evolutivos em padrões filogenéticos

Processo: 18/18616-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de novembro de 2018 - 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Marcus Aloizio Martinez de Aguiar
Beneficiário:Marcus Aloizio Martinez de Aguiar
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

Árvores filogenéticas são representações das relações evolutivas entre espécies e contém assinaturas dos processos responsáveis pelos eventos de especiação que apresentam. Inferir processos a partir das propriedades das árvores, no entanto, é desafiador. Para atacar esse problema analisamos um modelos de especiação espacialmente explícito onde o tamanho do genoma e o raio de acasalamento podem ser controlados. Simulamos radiações parapátrica e simpátrica (pequeno or grande raio de acasalamento, respectivamente) e construímos suas árvores filogenéticas, computando propriedades como balanço e velocidade de diversificação. Mostramos que processos simpátricos e parapátricos são bem separados por essas propriedades estruturais. Árvores balanceadas com taxas de especiação constantes apenas se originam em simpatria e o tamanho do genoma afeta tanto o balanço quanto a velocidade de especiação. Comparação com dados empíricos mostrou que a maioria das radiações consideradas como tendo evoluído em simpatria ou parapatria estão de acordo com as previsões do modelo. Ainda que outras forças tenham papel importante na formação das espécies, os processos micro-evolutivos modelados aqui capturam muito bem as assinaturas dos processos evolutivos no tocante à simetria e a velocidade de diversificação. (AU)