Busca avançada
Ano de início
Entree

Omega 3 do Óleo da Semente de Linhaça Protege Camundongos Obesos e Diabéticos da Retinopatia através do Receptor GPR120

Resumo

O processo inflamatório crônico e de baixo grau induzido pela obesidade parece ser o primeiro passo para o desenvolvimento da retinopatia associada ao diabetes tipo 2. No presente trabalho elaboramos a hipótese de que uma dieta enriquecida com ácidos graxos ômega-3 oriundos do óleo da semente de linhaça poderiam romper a cascata inflamatória na retina, protegendo contra o desenvolvimento da retinopatia. Durante oito semanas sob dieta rica em gordura (HF), diversos parâmetros fisiológicos foram monitorados para acompanhamento do quebra da homeostase metabólica. Após esse período, camundongos continuaram sendo tratados com dieta rica em gordura mas com parte da banha de porco substituída por óleo da semente de linhaça (FS), por mais oito semanas. Foram realizadas avaliações de comportamento alimentar, ganho de peso, sensibilidade a glicose e a insulina, eletroretinografia, RT-PCR e western blot. A dieta rica em gordura foi capaz de induzir o processo inflamatório na retina, alterando IL1b e TNFa. O VEGF, principal proteína marcadora de retinopatia, foi induzida de forma precoce pela dieta HF. A dieta FS foi capaz de reduzir o processo inflamatório e retinopatia, e melhorar os estímulos elétricos retinianos quando comparados com o grupo HF. Os receptores de ácidos graxos ômega-3, GPR120 e GPR40, foram detectados na retina pela primeira vez. A dieta FS modulou a expressão gênica e o conteúdo protéico desses receptores. Desta forma, os ácidos graxos insaturados protegeram a retina da progressão da doença em camundongos modelo para diabetes tipo 2. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)