Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e determinação da eficácia de produtos de origem bacteriana para tratamento de efluentes

Processo: 17/15902-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de outubro de 2018 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Thaís Carvalho Maester Casanova
Beneficiário:Thaís Carvalho Maester Casanova
Empresa:Eco Biotech Tecnologia em Manutenção Ltda. - ME
CNAE: Tratamento e disposição de resíduos não-perigosos
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Município: Ribeirão Preto
Bolsa(s) vinculada(s):18/24469-1 - Desenvolvimento e determinação da eficácia de produtos de origem bacteriana para tratamento de efluentes, BP.PIPE
Assunto(s):Biotecnologia  Biorremediação  Lipase  Tratamento de águas residuárias  Tratamento de esgotos sanitários  Catalisadores 

Resumo

Apesar de existirem diferentes tecnologias para o tratamento de efluentes domésticos e industriais, a utilização da biotecnologia é uma alternativa segura, ambientalmente correta e com custo reduzido em comparação a processos físicos e/ou químicos. A empresa Ecobiotech desenvolveu seus próprios equipamentos, com patente depositada, definido como sistema automatizado para tratamento e monitoramento de esgotos e caixas de gordura, sem a necessidade de intervenção humana. Atualmente, emprega-se nesse equipamento soluções microbiológicas existentes no mercado que não são capazes de atender completamente às necessidades dos clientes, devido à baixa eficiência, custo elevado e falta de especificidade com relação às diferentes situações encontradas, como constituição da gordura no local, pH e, principalmente, variações de temperatura. O objetivo deste projeto é desenvolver um biocatalisador que possa ser utilizado em indústrias e comércio de alimentos e bebidas, condomínios residenciais, shopping centers, entre outros, com o intuito de realizar o tratamento e monitoramento de poluentes hídricos despejados. Para isso, serão feitos testes a fim de encontrar potenciais microrganismos produtores de enzimas hidrolíticas e biossurfactantes para a futura produção em maior escala dos produtos selecionados. Assim, a pesquisa visa definir a composição adequada de insumos biotecnológicos que atuem no tratamento das áreas contaminadas, que sejam superiores em eficiência, em comparação aos já disponíveis no mercado. Com o desenvolvimento de um produto para utilizar nas máquinas da empresa teremos maior eficiência operacional e, consequentemente, redução nos custos repassados aos clientes. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.