Busca avançada
Ano de início
Entree

Segurança do tratamento com Isotrentinoina segundo parâmetros hepáticos

Processo: 18/14941-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de outubro de 2018 - 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Mary Anne Heidi Dolder
Beneficiário:Mary Anne Heidi Dolder
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Biomarcadores  Ratos Wistar  Fígado  Morfometria 

Resumo

Isotretinoin é um analogo da vitamina A e, devido à supressao da secreçao de glândulas sebaceas, é frequentemente usado em casos de acne severo. O tratamento para o paciente medio tem duraçao entre dois e dez meses. Este estudo foi desenhado para investigar a estrutura do figado, as enzimas hepaticas e parâmetros de estresse oxidativo apos tratamento durante um periodo comparavel e dosagens de 1mg/kg e outra de 10mg/kg em ratos jovens. Analizamos o soro sanguineo para avaliar os niveis bioquimicos para determinar a funçao hepatica e peroxidaçao de lipidios, e ainda o tecido hepatico para medir os niveis de enzimas hepaticas, estrutura e ultraestrutura. O grupo tratado com a dose de 1mg/kg nao foi alterado pelo tratamento. A ultraestrutura mostrou uma atividade metabolica mais alta apos tratamento com 10mg/kg, onde verificou-se uma maior area ocupada pelas organelas, mitocôndrias e reticulo endoplasmatico nas imagens de microscopia eletrônica. O grupo que recebeu 10mg/kg também mostrou aumento de fosfatase alcalina, abaixamento dos niveis de lipoproteina de alta densidade, e lipoproteina de baixa densidade. As mudanças observadas com a dose de 10mg/kg nao foram conclusivas para danos do figado devido à falta de modificaçoes estruturais histologicos e poucas alteraçoes bioquimicos. A dose de 1mg/kg mostrou respostas do figado a alguns estimulos mas nao revelou modificaçoes profundas. Assim confirmamos que o protocolo de 1mg/kg ou 10mg/kg de isotetinoina nao causou disfunçoes bioquimicos e histologicos importantes no figado de ratos Wistar machos. (AU)