Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do sulfeto de hidrogênio (H2S) no remodelamento pulmonar na asma em camundongos

Processo: 18/15995-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2018 - 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Heloisa Helena de Araujo Ferreira
Beneficiário:Heloisa Helena de Araujo Ferreira
Instituição-sede: Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo Mandic. Faculdade São Leopoldo Mandic (SLMANDIC). Sociedade Regional de Ensino e Saúde S/S Ltda (SRES). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Fibrose  Inflamação  Músculo liso 

Resumo

A asma é uma doença inflamatória crônica decorrente de alterações estruturais nas vias aéreas em resposta a mediadores liberados na fase aguda da reação de hipersensibilidade imediata. Lesões repetidas, reparo e regeneração do epitélio das vias aéreas após exposição a alérgenos e a fatores ambientais resultam em alterações histológicas e anormalidades funcionais da mucosa que contribuem para a fisiopatologia da asma, caracterizada clinicamente pela obstrução intermitente e reversível das vias aéreas, inflamação brônquica crônica, hipertrofia celular do músculo liso brônquico e hiperreatividade aos broncoconstritores. Além da influência na manutenção do componente celular inflamatório na resposta alérgica, constituído por eosinófilos, neutrófilos, linfócitos e mastócitos, citocinas como o TNF-±, VEGF, TGF-², IL-25 e IL-13 estão relacionadas com os indicadores do remodelamento do tecido pulmonar associado à asma, como a proliferação de células epiteliais com hiperplasia de células caliciformes, aumento da secreção de muco, hiperplasia e hipertrofia do músculo liso, fibrose subepitelial e aumento da vascularização. Utilizando um modelo experimental de asma em camundongos, verificaremos neste projeto de pesquisa se o tratamento com um doador de H2S, o hidrossulfeto de sódio (NaHS), é capaz de prevenir as mudanças estruturais no tecido pulmonar características da asma. Também será verificado se a guanilato ciclase solúvel é o alvo da ação do H2S na asma. Para tanto serão investigados os efeitos do tratamento de camundongos asmáticos com o NaHS nos seguintes parâmetros pulmonares:1) hiperreatividade e remodelamento; 2) angiogênese e linfogênese; 3) níveis de citocinas relacionadas ao remodelamento; 4) expressão das enzimas CBS, CSE e MST; 5) níveis de cGMP. (AU)