Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de alterações de habitat sobre comunidades de anfíbios e répteis Squamata: subsídios para programas de manejo, avaliações de risco de extinção e planos de ação de conservação

Processo: 18/14091-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2018 - 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Marcio Roberto Costa Martins
Beneficiário:Marcio Roberto Costa Martins
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Paula Carmignotto ; Cristiano de Campos Nogueira ; Leandro Reverberi Tambosi ; Ricardo Jannini Sawaya
Assunto(s):Habitat  Serpentes  Eucalipto  Lagartos  Conservação  Fogo 

Resumo

Embora o conhecimento sobre as espécies e as comunidades biológicas tenha aumentado significativamente ao longo das últimas décadas, ainda é necessário um grande esforço no sentido de obtermos as informações necessárias para uma melhor compreensão dos efeitos das mudanças ambientais antropogênicas sobre a biodiversidade. As alterações antropogênicas dos ambientes naturais podem afetar as espécies de diversas formas, havendo grande variação no efeito das mesmas sobre diferentes espécies ou grupos funcionais. Este projeto tem dois objetivos principais: (1) avaliar o efeito do fogo prescrito sobre a diversidade (de espécies, funcional e filogenética) em comunidades de anfíbios e lagartos no Cerrado, como forma de fornecer subsídios para o manejo integrado de fogo em UCs; e (2) avaliar o efeito da substituição de floresta nativa por plantações comerciais de árvores sobre a diversidade (de espécies, funcional e filogenética) em comunidades de serpentes e anfíbios, como forma de fornecer subsídios para a conservação das espécies e o manejo de paisagens onde predominam florestas nativas e plantações comerciais de árvores. Os conhecimentos gerados por este projeto também subsidiarão a avaliação do estado de conservação e a definição de ações de conservação para as espécies de anfíbios, lagartos e serpentes estudadas. Três estudos concomitantes de estrutura de comunidades serão realizados, sendo dois relacionados ao efeito do fogo sobre as comunidades de lagartos e anuros em duas localidades do Cerrado (Estação Ecológica de Santa Bárbara, SP, e Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins, TO, usando armadilhas de queda em ambos os casos) e outro sobre o efeito da substituição da floresta nativa por plantação de eucalipto sobre comunidades de serpentes e anfíbios da Mata Atlântica (na Fazenda Melhoramentos, Camaducaia, MG, por meio de procura visual, observações ocasionais e observações por terceiros). Em todos os casos, os métodos correntes de análise de diversidade de espécies, funcional e filogenética serão empregados. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.