Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmicas psicossociais no campo da educação: transformações e resistências na América Latina

Processo: 18/07668-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 13 de setembro de 2019 - 12 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Adelina de Oliveira Novaes
Beneficiário:Adelina de Oliveira Novaes
Pesquisador visitante: Mireya Lozada Santelis
Inst. do pesquisador visitante: Universidad Central de Venezuela, Venezuela
Instituição-sede: Fundação Carlos Chagas (FCC). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Representações sociais 

Resumo

Mireya Lozada Santelis realizou, ao longo de sua trajetória de estudos e intervenções, investigações em psicologia social aplicada, por meio de investidas transdisciplinares, focando-se, sobretudo, na possibilidade de transformação de problemáticas próprias dos contextos latino-americanos, entre elas, aquelas relacionadas ao campo educacional. A Pesquisadora desenvolve e orienta projetos de pesquisa sobre as temáticas da Democracia, Espaço Público, Memória e Imaginário Social, contribuindo de forma significativa para compreensão ampliada das questões que envolvem o devir social em situações de transformação e polarização política e social. Também teve atuação expressiva em projetos de pesquisa e acompanhamento psicossocial de crianças, jovens e famílias em situações de emergência e de conflito social. Como reconhecimento de seu trabalho como pesquisadora foi laureada com os prêmios Francisco De Venanzi, em 2008, e Orden José María Vargas, em 2010. Além das contribuições acadêmicas, Mireya Lozada Santelis destaca-se por seu papel como promotora da proposta formativa "Aqui Cabemos Todos", constituída logo depois dos acontecimentos de 2002 na Venezuela, para promover o reconhecimento da diversidade; a necessidade de diálogo e as alternativas democráticas y não violentas ao conflito sociopolítico vivido pelo país. Sua contribuição como pesquisadora convidada do Laboratoire Europeen de Psychologie Sociale, da Maison des Sciences de l´homme (Paris, França), da Universidad Autónoma Metropolitana (Iztapalapa. México) e da Pontificia Universidad Católica de Puerto Rico (Ferré Aguayo Ponce, Porto Rico), bem como sua contribuição nos grupos de trabalho: "Cultura y Transformaciones Sociales en Tiempos de Globalización" e "Memorias colectivas y prácticas de resistencia" do Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO) são expressões de sua inserção acadêmica. Tendo em vista o extenso cabedal de estudos desenvolvidos por Mireya Lozada, as atividades previstas para sua visita às instituições de São Paulo foram planejadas em torno de quatro eixos, a saber: ensino, orientação, pesquisa, e difusão. Tais atividades convergem, ao contribuírem para a constituição de uma rede latino americana de pesquisa, que até o momento tem se configurado com a participação de projetos de pesquisa de universidades e instituições de pesquisa da Argentina, do Brasil, da Colômbia, do México e da Venezuela. Do cronograma disposto no documento anexado a esta proposta, constam ainda atividades formativas em escolas públicas de São Paulo e de ordem técnica, no que concerne à reunião com os 44 grupos de pesquisa congregados pelo Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais e Subjetividade - Educação (CIERS-ed) e à elaboração do relatório a ser enviado à FAPESP. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.