Busca avançada
Ano de início
Entree

Manipulação da sinalização luminosa e do metabolismo de óxido nítrico visando o melhoramento de atributos de qualidade em tomateiro

Processo: 18/16389-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2018 - 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Pesquisador responsável:Luciano Freschi
Beneficiário:Luciano Freschi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Tomateiro  Óxido nítrico 

Resumo

O crescimento e amadurecimento de frutos carnosos é estritamente regulado por sinais hormonais, epigenéticos e de desenvolvimento, os quais são frequentemente ajustados frente às condições ambientais circundantes. Dentre os sinais ambientais, a luz desempenha um papel importante na determinação das taxas de crescimento, pigmentação e amadurecimento de frutos carnosos. Em tomate (Solanum lycopersicum), espécie modelo para o estudo da fisiologia de frutos carnosos e cultura de alto consumo e grande importância nutricional para a dieta humana, diversas linhas de evidências indicam que mudanças na percepção luminosa dependente de fitocromos (PHYs) desencadeiam alterações marcantes no desenvolvimento e parâmetros de qualidade dos frutos. De forma similar, pesquisas recentes indicam que o radical livre óxido nítrico (NO) desempenha papel sinalizador importante no controle do metabolismo e amadurecimento de frutos carnosos. Consequentemente, o presente projeto propõe, por meio da aplicação de estratégias de genômica funcional, bioquímica e fisiologia, investigar os impactos da manipulação das cascatas de percepção e transdução de sinais luminosos, bem como do metabolismo de NO, sobre a biologia dos frutos de tomateiro. As funções específicas desempenhadas pelos fitocromos localizados no próprio fruto e de elementos das cascatas de sinalização iniciadas por esses fotorreceptores será investigada, de forma isolada ou combinada, durante o controle de processos bioquímicos e de desenvolvimento que afetam diretamente a qualidade nutricional desse fruto carnoso. Além disso, diversas abordagens genéticas e farmacológicas serão utilizadas a fim de se identificar os genes, proteínas e processos metabólicos controlados pelo NO durante o amadurecimento dos frutos de tomateiro tanto sob condições ótimas de crescimento quanto na presença de estresses ambientais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES ALVES, FREDERICO ROCHA; LIRA, BRUNO SILVESTRE; PIKART, FILIPE CHRISTIAN; MONTEIRO, SCARLET SANTOS; FURLAN, CLAUDIA MARIA; PURGATTO, EDUARDO; PASCOAL, GRAZIELI BENEDETTI; SILVA ANDRADE, SONIA CRISTINA; DEMARCO, DIEGO; ROSSI, MAGDALENA; FRESCHI, LUCIANO. Beyond the limits of photoperception: constitutively active PHYTOCHROME B2 overexpression as a means of improving fruit nutritional quality in tomato. Plant Biotechnology Journal, APR 2020. Citações Web of Science: 0.
PALMA, JOSE M.; FRESCHI, LUCIANO; RODRIGUEZ-RUIZ, MARTA; GONZALEZ-GORDO, SALVADOR; CORPAS, FRANCISCO J. Nitric oxide in the physiology and quality of fleshy fruits. Journal of Experimental Botany, v. 70, n. 17, SI, p. 4405-4417, SEP 1 2019. Citações Web of Science: 1.
KOLBERT, ZSUZSANNA; FEIGL, GABOR; FRESCHI, LUCIANO; POOR, PETER. Gasotransmitters in Action: Nitric Oxide-Ethylene Crosstalk during Plant Growth and Abiotic Stress Responses. ANTIOXIDANTS, v. 8, n. 6 JUN 2019. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.