Busca avançada
Ano de início
Entree

Promoção do Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) em organizações de saúde: uma proposta de modelo

Processo: 18/01539-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2018 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Empresas
Pesquisador responsável:Silvia Inês Dallavalle de Pádua
Beneficiário:Silvia Inês Dallavalle de Pádua
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEARP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Janaina Mascarenhas Hornos da Costa
Assunto(s):Gerenciamento de processos de negócio 

Resumo

O objetivo é construir um modelo para a promoção do Gerenciamento de Processos de Negócio em Unidade de Pesquisa Clinica considerando os dez princípios de um bom BPM. Para que esse objetivo seja atendido, é necessário: (1) Revisar o estado da arte da literatura sobre BPM e organizações de saúde/unidades de pesquisa clinica para desenvolver um framework conceitual que fundamenta pesquisa. (2)Analisar e Identificar os processos e o priorizar os processos que exigem maior atenção. (3)Promover a gestão por processos em uma organização de saúde por meio pesquisa empírica. (4)Criar um modelo de promoção da BPM considerando os dez princípios de um bom BPM, com base na fundamentação teórica e nos resultados da pesquisa empírica. A pesquisa é teórico-empírica e qualitativa com a estratégia de pesquisa-ação. A pesquisa será realizada em quatro fases: (1) Fundamentação teórica; (2) Estrutura analítica do projeto (3) Pesquisa-ação; (4) Proposição do modelo. Com a conclusão da pesquisa, há a pretensão de propor um modelo para a promoção de BPM que contemple os papéis e responsabilidades, a integração da gestão dos processos com a gestão de projetos, técnicas e fases de acordo com os principais pressupostos teóricos postulados pela literatura especializada. Espera-se como benefícios contribuir com a fronteira do conhecimento sobre o tema uma vez que, até o momento, não houve nenhum estudo com teor de contribuição parecido e que tenha apresentado evidências empíricas sobre a promoção da gestão de processos em Unidade de Pesquisa Clinica ou organizações de saúde considerando os dez princípios de BPM. É esperado também que o resultado dessa pesquisa seja relevante para gestores de organizações públicas e privadas que estão envolvidos no processo conduzir pesquisa clinica para inovarem seus processos de gestão. Além disso, espera-se que muitas novas oportunidades de pesquisa vindouras sejam identificadas e apresentadas relacionadas a gestão de custo em um visão ponta a ponta do processo, gestão do conhecimento e visão sistêmica de todo o portfólio de projetos de pesquisa clinica e ainda incorporar fatores externos na análise estratégica para trazer oportunidade de inovação gerencial. (AU)