Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigando sistemas coloidais por métodos de espalhamento

Processo: 18/16092-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2018 - 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Cristiano Luis Pinto de Oliveira
Beneficiário:Cristiano Luis Pinto de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Cassio Alves ; Cibele Rosana Ribeiro de Castro Lima ; Luis Eduardo Soares Netto ; Marco Aurélio Brizzotti Andrade ; Marcos Tadeu Dazeredo Orlando ; Roberto Kopke Salinas ; Roman Spirin ; Samantha Cristina de Pinho
Assunto(s):Modelagem  Nanopartículas  Surfactantes  Proteínas  Raios X 

Resumo

Técnicas experimentais espectroscópicos são amplamente utilizadas para o estudo dos mais variados tipos de sistemas. Estas técnicas são baseadas nas diversas formas de interação que a radiação possui com a matéria, o que, por outro lado, depende das características intrínsecas da radiação bem como de sua faixa de energia. Uma grande classe de métodos espectroscópicos são os métodos de espalhamento de luz, particularmente luz visível e raios X, bem como espalhamento de nêutrons. Nestes casos os dados experimentais podem fornecer informações estruturais importantes sobre o sistema como, por exemplo, forma das partículas, arranjo estrutural, variação da densidade de contraste eletrônico, resposta a agentes externos como temperatura, pH, força iônica etc. No entanto, uma das principais dificuldades da utilização destes métodos consiste na análise e interpretação dos resultados. Em um projeto anterior, iniciamos o desenvolvimento de métodos de simulação, análise e modelagem de dados experimentais de difração e espalhamento a baixos ângulos. Estes métodos foram utilizados em uma vasta gama de aplicações, permitindo a correta análise e descrição de dados experimentais obtidos bem como a obtenção de parâmetros estruturais pertinentes. Como resultado, um conjunto de ferramentas for desenvolvido e está sendo disponibilizado à comunidade científica. Propomos neste projeto prosseguir no desenvolvimento de métodos de analise de dados de espalhamento bem como estender esta aplicação ao estudo de sistemas orientados. Como descrevo abaixo, esta abordagem é praticamente inexiste na literatura e permitirá obter resultados inéditos para diversos tipos de sistemas. (AU)