Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigações do metabolismo energético do Trypanosoma Cruzi com o chip-calorímetro

Processo: 18/19976-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 08 de abril de 2019 - 10 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Aníbal Eugênio Vercesi
Beneficiário:Aníbal Eugênio Vercesi
Pesquisador visitante: Dr. Johannes Lerchner
Inst. do pesquisador visitante: Technische Universität Bergakademie Freiberg (TU Bergakademie Freiberg), Alemanha
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/17728-8 - Função e disfunção mitocondrial: implicações para o envelhecimento e doenças associadas, AP.TEM
Assunto(s):Calorimetria  Glicólise 

Resumo

Esta proposta é um projeto de pesquisa conjunta dos grupos do Prof. Anibal Vercesi (Departamento de Patologia Clínica, FCM, UNICAMP) e do Prof. Pedro L. O. Volpe (Instituto de Química, Unicamp) com o grupo do Prof. Johannes Lerchner (TU Bergakademie Freiberg, Alemanha) para desenvolver novos métodos baseados em calorímetro de chip para a investigação do metabolismo energético de parasitas de Trypanosoma cruzi. O foco principal do projeto é a determinação direta de processos anaeróbios do metabolismo de T. cruzi com o uso do microcalorímetro. É amplamente comum a quantificação de atividade metabólica de células vivas pela determinação de sua taxa respiratória. Por outro lado, a respirometria não é sensível a processos anaeróbios como o glicolítico. No entanto a glicose é particularmente significativa em parasitas de T. cruzi. Assim, a habilidade do calorímetro de chip determinar as taxas de produção de calor em condições de anóxia serão utilizadas neste projeto para analisar mecanismos metabólicos específicos de mutantes de T. cruzi em combinação com a respirometria. A nova técnica de calorimetria será aplicada pela primeira vez para investigar a regulação de Ca2+ em mitocôndrias de T. cruzi através da determinação de processos de captação e acumulação de Ca2+. A dinâmica de captação de Ca2+ requer a medição da resposta em um intervalo de segundos, que pode ser atingido pela adaptação da técnica de fusão de segmentos ao calorímetro de chip. Além disso, resultados preliminares mostraram que esta nova característica do calorímetro é útil para determinações diretas de taxas de calor em anaerobiose, informações adicionais à respirometria. Dessa forma, nossa proposta é a adaptação do calorímetro de chip com a técnica de fusão de segmentos que permitirá o monitoramento das respostas metabólicas em tempo real. O sucesso esperado do projeto virá da combinação das diferentes áreas de experiência dos grupos envolvidos. (AU)