Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação entre remodelamento cardíaco e alterações metabólicas em modelo experimental de obesidade induzida por dieta ocidental

Processo: 18/22852-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de janeiro de 2019 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Ana Lucia do Anjos Ferreira
Beneficiário:Ana Lucia do Anjos Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Obesidade  Dislipidemias  Cardiologia  Remodelação ventricular 

Resumo

O alto consumo de gordura e açúcar contribui para o desenvolvimento de obesidade e co-morbidades, como dislipidemia, hipertensão e doenças cardiovasculares. O objetivo deste estudo foi avaliar a associação entre dislipidemia e disfunção cardíaca induzida pelo consumo de dieta ocidental. Ratos Wistar foram aleatoriamente divididos em dois grupos experimentais e alimentados ad libitum por 20 semanas com dieta controle (Controle, n = 12) ou dieta rica em açúcar e alto teor de gordura (HSF, n = 12). O grupo HSF também recebeu água + sacarose (25%). As avaliações incluíram alimentação e ingestão calórica; peso corporal; glicose plasmática; insulina; ácido úrico; HOMA-IR; perfil lipídico: [colesterol total (T-chol), lipoproteína de alta densidade (HDL), colesterol não HDL, triglicerídeos (TG)]; pressão arterial sistólica e Doppler ecocardiográfica. Comparado ao grupo controle, os animais que consumiram a dieta HSF apresentaram maior ganho de peso, ingestão calórica, eficiência alimentar, insulina, HOMA-IR, glicose e comprometimento do perfil lipídico (maiores TG, T-col, não-HDL col e menor HDL). A dieta HSF também foi associada com comprometimento estrutural atrial-ventricular e disfunção sistólica-diastólica. Correlação positiva também foi encontrada entre os seguintes parâmetros: insulina versus massa VE estimada (r = 0,90, p = 0,001); tempo de não-HDL versus tempo de desaceleração (r = 0,46, p = 0,02); TG versus tempo de desaceleração (r = 0,51, p = 0,01). Em resumo, nossos resultados sugerem que o remodelamento cardíaco liderado pela dieta ocidental está associado a parâmetros metabólicos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TOGNERI FERRON, ARTUR JUNIO; FRANCISQUETI, FABIANE VALENTINI; MINATEL, IGOR OTAVIO; VAGULA DE ALMEIDA SILVA, CAROL CRISTINA; ZANATI BAZAN, SILMEIA GARCIA; HASSEMI KITAWARA, KOODY ANDRE; GARCIA, JESSICA LEITE; CORREA, CAMILA RENATA; MORETO, FERNANDO; FERREIRA, ANA LUCIA A. Association between Cardiac Remodeling and Metabolic Alteration in an Experimental Model of Obesity Induced by Western Diet. NUTRIENTS, v. 10, n. 11 NOV 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.