Busca avançada
Ano de início
Entree

Ondas gravitacionais versus sinais de nova física em colisores

Resumo

Vários fenômenos no universo primordial podem gerar um fundo estocástico de ondas gravitacionais (FEOG) que poderia ser detectado em experimentos correntes ou futuros de ondas gravitacionais. A observação de ondas gravitacionais associadas com esses fenômenos seria um marco no nosso entendimento da Natureza. Seria a primeira medida direta das propriedades do Universo antes do momento da formação de átomos, onde a radiação cósmica de fundo foi gerada, e testaria uma época até anterior à nucleossíntese de elementos leves. O FEOG associado a uma transição de fase cosmológica de primeira ordem é certamente o mais estudado. O Modelo Padrão da Física de Partículas (MP) não contempla essa possibilidade. Entretanto, muitas observações empíricas sugerem que o MP não é a teoria final e muitas propostas para completar o SM foram sugeridas na literatura. Muitas delas prevêem a geração de um FEOG através de uma transição de fase de primeira ordem em uma banda de frequência de interferômetros atuais e futuros.Esse Projeto vai abordar as relações entre sinais de Física Além do MP no FEOG e em experimentos em colisores de partículas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)