Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade ambiental dos remanescentes florestais nas bacias hidrográficas do município de Campinas/SP

Resumo

As áreas de vegetação remanescente fazem parte dos sistemas de suporte a vida natural e apresentam importantes funções, tanto estéticas e sociais quando ecológicas, inclusive quando inseridas no contexto urbano. Neste contexto, uma das principais funções ecológicas exercidas pelas mesmas é contribuição para a amenização de impactos ambientais oriundos do processo de urbanização por meio, por exemplo: da melhora do clima urbano, através da manutenção das temperaturas mais amenas e garantia de maior conforto térmico à população; contribuição para o equilíbrio do índice de umidade e atenuação da poluição do ar por meio da adsorção de partículas poluentes; auxílio na quantidade e qualidade de água disponível, através da promoção da interceptação das águas de chuva, redução do escoamento superficial e controle dos processos erosivos; auxílio nos processos de ciclagem de nutrientes e acumulação e decomposição da matéria orgânica e etc. Sendo assim, o presente projeto visa identificar, mapear e determinar a qualidade ambiental das áreas florestais remanescentes presentes nas bacias hidrográficas, tipicamente urbanizadas, abrangidas pelo munícipio de Campinas/SP. Para tanto, as mesmas serão avaliadas de acordo com indicadores ambientais pertinentes e análises de métricas de paisagem, tais como área, área nuclear, conectividade, uso e ocupação do solo no entorno, entre outros. Serão utilizadas também técnicas de geoprocessamento, sensoriamento remoto e análises estatísticas como instrumentos auxiliares. Desta forma, com os resultados obtidos o projeto visa atuar como um instrumento de auxílio à gestão ambiental e urbanística no município de Campinas, possibilitando discussões e comparações entre todas as bacias hidrográficas presentes no município, no que diz respeito aos remanescentes florestais, identificando as potencialidades e fragilidades (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, ALESSANDRA LEITE; NOBRE DE NUNES, ADELIA JESUS; MARQUES, MARA LUCIA; RIBEIRO, ADMILSON IRIO; LONGO, REGINA MARCIA. Assessing the fragility of forest remnants by using landscape metrics. Comparison between river basins in Brazil and Portugal. ENVIRONMENTAL MONITORING AND ASSESSMENT, v. 193, n. 4 MAR 9 2021. Citações Web of Science: 0.
GABRIELA MANENTE ROCHA; JOICE MACHADO GARCIA; ALESSANDRA LEITE DA SILVA; REGINA MÁRCIA LONGO. Atributos físicos do solo de florestas urbanas como indicadores de degradação. Ciênc. Florest., v. 30, n. 3, p. 767-778, Set. 2020.
GARCIA, JOICE MACHADO; DA SILVA, ALESSANDRA LEITE; SIQUEIRA, CATARINA DE ARAAJO; LONGO, REGINA MARCIA. Environmental diagnosis of forest fragments belonging to the Santa Genebrinha ecological corridor, Campinas, Sao Paulo. ACTA BRASILIENSIS, v. 3, n. 3, p. 97-105, SEP-DEC 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.