Busca avançada
Ano de início
Entree

Fermentação líquida de agentes de controle microbiano de pragas e doenças

Processo: 18/08238-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2019 - 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Thiago Rodrigues de Castro
Beneficiário:Thiago Rodrigues de Castro
Empresa:Koppert do Brasil Holding Ltda (Koppert)
CNAE: Atividades de apoio à agricultura
Município: Piracicaba
Pesq. associados:Inajá Marchizeli Wenzel Rodrigues
Assunto(s):Manejo integrado de pragas  Agentes microbianos  Controle de pragas  Controle de doenças  Fungos  Beauveria  Metarhizium anisopliae  Trichoderma harzianum 

Resumo

Recentemente muitas pesquisas foram realizadas principalmente na área de produção de propágulos viáveis e infecciosos de fungos entomopatogênicos além de fungos antagonistas como o Trichoderma ssp.. Tais trabalhos possibilitaram o início de uma revolução na área de produção massal de tais organismos e agora torna-se necessário viabilizar tais metodologias para escala industrial no Brasil. A implementação de tal metodologia acarretará na produção de produtos de maior qualidade e de preços de mercado mais acessíveis aos produtores, facilitando a popularização do uso de biopesticidas, além de possibilitar aumentar significativamente a produção, atendendo assim uma área maior dos mais de 70 milhões de hectares plantados no Brasil. O objetivo do presente projeto é avaliar a viabilidade do desenvolvimento dos fungos presentes no portfólio da empresa Koppert, através da produção em fermentação líquida. Para isso serão testados diversos parâmetros que podem ser alterados e controlados no biorreator, como pH, temperatura, oxigenação, além de meios de cultura líquidos produzidos com a utilização de diferentes componentes. Todos os lotes produzidos serão testados quanto a concentração, viabilidade e bio-eficiência para futuras comparações. Com os resultados dos melhores parâmetros, será realizada a produção de lotes de inóculo que serão utilizados nos testes de eficácia contra os organismos alvos de cada microrganismo (Fusarium verticillioides e Diatraea saccharalis - organismos modelo) para avaliar se o produto final tem bio-eficácia. Com a utilização desta nova forma de produção é esperado aumentar o portfólio de produtos da empresa [Criação de novos produtos à base de novas formas infectivas (blastosporos e microescleródios), aumento da produtividade e qualidade dos produtos (melhor controle dos parâmetros de produção), redução da produção de resíduos industriais, do tempo de produção e da mão de obra. Com o aumento do portfólio, o impacto direto será na maior utilização dos produtos em diversas áreas contra diversos alvos e facilitando assim a popularização do controle biológico no país. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.