Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos epigenéticos da atorvastatina sobre a regulação da expressão de genes relacionados ao óxido nítrico em modelo experimental de hipertensão

Resumo

O óxido nítrico (NO) é o principal fator responsável pelo relaxamento vascular. A redução da produção de NO pela expressão reduzida ou atividade da enzima óxido nítrico sintase endotelial (eNOS) ou a atividade reduzida da enzima guanilato ciclase solúvel (sGC) pode levar a doença cardiovascular. O gene NOS3 tem sua expressão fortemente restrita às células endoteliais vasculares por meio da metilação do DNA. Experimentalmente foi demonstrado que alterações da metilação da NOS3 podem predispor a doenças cardiovasculares. A Atorvastatina tem sido estudada no contexto do câncer como agente de desmetilação. Aqui, nosso objetivo é investigar essas hipóteses: 1) o curso temporal da hipertensão mudará a regulação epigenética de genes relacionados ao óxido nítrico e metaloproteinases de matriz extracelular (MMPs) nas células endoteliais e do músculo liso? 2) O tratamento de hipometilação (5'aza-deoxicitidina) irá alterar os efeitos benéficos da Atorvastatina em modelo de hipertensão renovascular? Serão utilizados ratos Wistar nos quais a hipertensão será induzida por cirurgia 2K1C (2 rins 1 clipe). Os anéis aórticos de animais tratados cronicamente serão avaliados quanto a reatividade vascular usando curvas dependentes da dose e presença / ausência de antagonistas. Abordagens com técnicas genéricas e específicas serão utilizadas para quantificar a metilação do DNA das células endoteliais e musculares lisas da aorta. Os genes avaliados para alterações epigenéticas após tratamentos crônicos serão NOS3, MMP-2 e MMP-9. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OLIVEIRA-PAULA, GUSTAVO H.; COELI-LACCHINI, FERNANDA BORCHERS; FEREZIN, LETICIA PERTICARRARA; FERREIRA, GRAZIELE C.; PINHEIRO, LUCAS C.; PAULA-GARCIA, WAYNICE N.; GARCIA, LUIS V.; TANUS-SANTOS, JOSE E.; LACCHINI, RICCARDO. Arginase II polymorphisms modify the hypotensive responses to propofol by affecting nitric oxide bioavailability. EUROPEAN JOURNAL OF CLINICAL PHARMACOLOGY, v. 77, n. 6 JAN 2021. Citações Web of Science: 0.
OLIVEIRA-PAULA, GUSTAVO H.; PEREIRA, SHERLIANE C.; TANUS-SANTOS, JOSE E.; LACCHINI, RICCARDO. Pharmacogenomics And Hypertension: Current Insights. PHARMACOGENOMICS & PERSONALIZED MEDICINE, v. 12, p. 341-359, 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.