Busca avançada
Ano de início
Entree

Dissolução e toxicidade de nanopartículas de prata na presença de substâncias húmicas aquáticas e excretados de algas

Processo: 18/20326-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2019 - 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:André Henrique Rosa
Beneficiário:André Henrique Rosa
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Substâncias húmicas  Contaminantes emergentes  Água  Química ambiental 

Resumo

Nanopartículas (NPs) de prata com diferentes revestimentos têm sido utilizadas amplamente em diversas aplicações tais como, medicamentos, indústria têxtil, tratamento de contaminantes etc. As NPs atingem os mananciais, podendo influenciar na qualidade da água e sobrevivência de organismos aquáticos, e podendo por meio da bioamagnificação e cadeia alimentar atingir os seres humanos. São poucos estudos disponíveis na literatura que abordam as transformações que as NPs podem sofrer no ambiente aquático, especialmente, na presença de matéria orgânica aquática, como por exemplo, substâncias húmicas aquáticas (SHA) e substâncias poliméricas extracelulares (EPS). Assim, neste projeto pretende-se avaliar a solubilidade, transformações e toxicidade de NPs de prata (Ag-NPs) na presença de SHA e EPS. Serão utilizadas diferentes técnicas analíticas para a caracterização das interações entre as NPs e matéria orgânica tais como: pirólise acoplada a cromatografia gasoso com detecção por espectrometria de massas (PY-CG-MS), titulação potenciométrica, ultrafiltração/ espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado e mobilidade eletroforética. A toxicidade será avaliada através de ensaios ecotoxicológicos utilizando a microalga R. subcapitata como organismo-teste. Assim, este projeto visa trazer maior compreensão sobre a reatividade e toxicidade de nanopartículas de prata com a matéria orgânica natural em sistemas aquáticos. (AU)