Busca avançada
Ano de início
Entree

Microcápsulas polieletrolíticas como modelo de sistema de liberação controlada para fármacos fotossensíveis

Processo: 18/18531-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2019 - 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Andreza Ribeiro Simioni
Beneficiário:Andreza Ribeiro Simioni
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Pesq. associados:Antonio Claudio Tedesco ; Erika Peterson Gonçalves ; Kumiko Koibuchi Sakane ; Milton Beltrame Junior
Assunto(s):Micropartículas 

Resumo

Uma variedade de terapias tem emergido nos últimos anos como conseqüência dos avanços no campo da tecnologia aplicada. Dentre essas terapias merece destaque a Terapia Fotodinâmica (TFD), que faz uso da combinação de fármacos fotossensíveis e luz, que na presença de oxigênio molecular produz espécies reativas de oxigênio, como o oxigênio singlete, apontado como principal agente citotóxico dos tecidos neoplásicos, caracterizados por uma sucessão de eventos biológicos como fototoxicidade, dano vascular, perda de integridade da membrana, dentre outros fatores. A maioria dos fármacos fotossensíveis utilizados como principio ativo em TFD são lipofílicos, portanto, insolúveis em ambiente aquoso (meio fisiológico). Para resolver esta sistemática, é realizado a veiculação deste ativos em sistemas de liberação controlada de fármacos ("drug delivery systems"-DDS)O objetivo deste projeto de pesquisa é desenvolver um novo sistema de liberação controlada de fármacos, no presente caso microcápsulas polieletrolíticas fotossensíveis utilizando micropartículas de carbonato de cálcio como template, para a localização do ativo no tecido alvo de forma sítio-específica.Este projeto baseia-se em um desenvolvimento científico amplamente multidisciplinar combinando-se protocolos, técnicas e ensaios experimentais da área de tecnologia farmacêutica, nanotecnologia e fotobiologia. O trabalho será realizado em duas etapas subsequentes. Primeiramente serão realizados os estudos de desenvolvimento e caracterização de um novo sistema de veiculação de fármaco. Na sequência, serão realizados os ensaios de citotoxidade in vitro em cultura em momocamadas e por fim os estudos fotobiológicos combinando-se a aplicação de luz laser e fármaco fotossensível nanoestruturado para avaliação da resposta biológica ao fotoestímulo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.