Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da viabilidade técnico-científica de uma experiência multiplayer local de realidade virtual com mapeamento do ambiente real no mundo virtual

Processo: 17/22693-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de março de 2019 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Pesquisador responsável:Isabela Lauletta Modesto
Beneficiário:Isabela Lauletta Modesto
Empresa:Grifo Corretora de Seguros de Vida Ltda
CNAE: Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda
Município: São Paulo
Bolsa(s) vinculada(s):19/05499-0 - Análise da viabilidade técnico-científica de uma experiência multiplayer local de realidade virtual com mapeamento do ambiente real no mundo virtual, BP.PIPE
Assunto(s):Serviços de entretenimento  Sistemas multimídia  Realidade virtual  Realidade aumentada  Jogos  Jogos eletrônicos 

Resumo

Realidade virtual (VR) e realidade aumentada (AR) são dois temas em grande destaque atualmente, com novidades sendo anunciadas quase todos os dias. Muitos acreditam que estas serão tecnologias disruptivas que mudarão completamente a forma como vivemos e executamos nossas tarefas cotidianas, causando um efeito similar ao observado com o surgimento dos smartphones. A partir desta visão, muitas empresas resolveram lançar seus próprios óculos VR (também chamados de HMDs - head-mounted displays), permitindo que outros criadores de conteúdo desenvolvessem aplicações para as mais diversas áreas. Porém, o custo para aquisição desses dispositivos ainda é muito elevado, principalmente quando falamos do mercado nacional. Percebendo esta oportunidade, alguns empreendimentos surgiram com a intenção de facilitar o acesso a esta tecnologia. Chamados de "arcades VR", esses espaços têm como foco o entretenimento e cobram uma taxa de acordo com o tempo de uso dos óculos. Não obstante, raros são os casos onde um grupo de amigos pode experienciar o mesmo jogo simultaneamente. Nesse contexto, acredita-se que o apelo social que uma atração multiusuário pode trazer, unido ao descobrimento de uma nova forma de entretenimento que utiliza o que há de mais novo em VR, implicará em um empreendimento de sucesso. Resultado este que já pode ser observado em empresas como a "The Void", por exemplo, que recentemente foi acelerada pela Disney. Eles inovaram ao inserir os usuários em um ambiente que foi completamente mapeado e reproduzido digitalmente, criando a sensação de que o que está sendo visto através dos headsets é real. Contudo, os custos para tal execução são enormes (tanto por exigirem um espaço relativamente grande para serem criados, quanto por fazerem uso de marcas registradas) e, por consequência, poucos são os países que contém tal experiência. O objetivo deste trabalho de pesquisa e, então, desenvolver os meios e métodos necessários para se realizar uma experiência VR multiplayer local onde o ambiente real será reproduzido no mundo virtual a ser criado, permitindo que os usuários se sintam totalmente imersos na atração. As pesquisas realizadas pela empresa terão como foco a análise das melhores técnicas para se desenvolver essa experiência VR. Dessa forma, serão estudados o impacto causado pelas diferentes tecnologias envolvidas na atração e quais fatores e elementos podem ser adicionados para que o jogo resultante apresente altos níveis de diversão, rejogabilidade e imersão. Ao final da realização deste projeto de pesquisa, espera-se obter uma forma inovadora de entretenimento, que, futuramente, virá a ser um serviço incorporado pela empresa, permitindo que esta ocupe um lugar de destaque nesta área em âmbito nacional. (AU)