Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e caracterização de nanopartículas de cobre a partir da lixiviação de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos

Processo: 18/07461-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2019 - 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Extrativa
Pesquisador responsável:Viviane Tavares de Moraes
Beneficiário:Viviane Tavares de Moraes
Instituição-sede: Escola de Engenharia Mauá (EEM). Instituto Mauá de Tecnologia. São Caetano do Sul , SP, Brasil
Pesq. associados: Guilherme Wolf Lebrão ; Jorge Alberto Soares Tenório ; Susana Marraccini Giampietri Lebrão
Bolsa(s) vinculada(s):19/03096-5 - Síntese e caracterização de nanopartículas de cobre a partir da lixiviação de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos, BP.TT
Assunto(s):Hidrometalurgia  Nanopartículas  Resíduos  Cobre 

Resumo

O avanço tecnológico e os fatores que estão ensejando a 4ª Revolução Industrial têm impulsionado as pesquisas na área de nanomateriais. Os nanomateriais podem ser obtidos a partir de diversos processos, mas uma forma de obtenção que merece destaque pelo apelo ambiental de atender princípios de economia circular e resolver problemas de logística reversa é a sua obtenção a partir de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos (REEE). Os REEE são repositórios de diversos metais que podem ser recuperados na forma de nanopartículas, especialmente o cobre. Com o projeto pretende-se estabelecer uma rota de obtenção de nanopartículas de cobre a partir de REEE, envolvendo rotas hidrometalúrgicas sustentáveis. A metodologia proposta envolve a preparação de solução proveniente da lixiviação seletiva e purificação de cobre a partir de REEEs. Na sequência será desenvolvida uma rota hidrometalúrgica para a síntese de nanopartículas de cobre, através de processo de redução química. Durante todo o projeto serão realizados ensaios de caracterização para monitoramento, como por exemplo análise química com analisador voltamétrico, potencial de oxi-redução, microscopia eletrônica de varredura. Os resultados esperados são: a síntese de nanopartículas de cobre, agregando valor aos REEEs; estabelecer rota sustentável para obtenção de nanometais para posterior aplicação em outros resíduos tecnológicos. (AU)