Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de biossensor de glicose como ferramenta analítica visando a otimização da produção de etanol de segunda geração a partir de resíduos do abacaxizeiro

Resumo

O etanol é um combustível derivado de fontes renováveis de energia, entretanto, os principais processos de produção utilizam biomassas que também são utilizadas como alimento. Por esse motivo, é necessário novas tecnologias que usem fontes alternativas como matéria-prima, como a produção de etanol de segunda geração que utiliza biomassa lignocelulósica em seu processo. Essa biomassa pode ser em forma de bagaço, palha, ponteira de plantas, cascas, ou seja, produtos que são resíduos de uma produção agrícola ou plantas que de alguma forma causam problemas para a produção, como o aguapé que em pouco tempo pode cobrir o leito de um rio, causando eutrofização do mesmo. Um exemplo de resíduos agrícolas é a planta que sobra depois da colheita do abacaxi, o abacaxizeiro. Como é uma biomassa vegetal contém em sua estrutura celulose que pode ser degradada em glicose e essa utilizada como substrato para a produção de etanol. Entretanto, durante a hidrólise enzimática da celulose, a glicose se torna um fator limitante, pois o seu acúmulo no biorreator causa inibição na enzima celulase, e isso implica em uma menor produção dessa hexose, resultando em um menor rendimento na produção de etanol. Por isso, propõe-se o desenvolvimento de sensores aliados à grande potencialidade eletroquímica do grafeno e à especificidade da enzima de glicose para o monitoramento e quantificação de açúcar no processo de produção de etanol 2G. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DONINI, CARUANE A.; SILVA, MARTIN K. L.; BRONZATO, GIOVANA R.; LEAO, ALCIDES L.; CESARINO, IVANA. Evaluation of a biosensor based on reduced graphene oxide and glucose oxidase enzyme on the monitoring of second-generation ethanol production. Journal of Solid State Electrochemistry, v. 24, n. 8, SI, . (17/03925-6, 17/24274-3)
SETZNAGL, SARAH; CESARINO, IVANA. Copper nanoparticles and reduced graphene oxide modified a glassy carbon electrode for the determination of glyphosate in water samples. INTERNATIONAL JOURNAL OF ENVIRONMENTAL ANALYTICAL CHEMISTRY, v. 102, n. 1, p. 293-305, . (17/24274-3)
FERNANDES, VICTORIA QUINTAS; LEME SILVA, MARTIN K.; CESARINO, IVANA. Determination of isotretinoin (13-cis-retinoic acid) using a sensor based on reduced graphene oxide modified with copper nanoparticles. JOURNAL OF ELECTROANALYTICAL CHEMISTRY, v. 856, . (17/24274-3, 17/08733-8)
SILVA, MARTIN K. L.; SOUSA, GUILHERME S.; SIMOES, RAFAEL P.; CESARINO, IVANA. Fabrication of paper-based analytical devices using a PLA 3D-printed stencil for electrochemical determination of chloroquine and escitalopram. Journal of Solid State Electrochemistry, v. 26, n. 2, . (17/24274-3)
ZACCARIOTTO, GABRIEL C.; SILVA, MARTIN K. L.; ROCHA, GIOVANNA S.; CESARINO, IVANA. Novel Method for the Detection of SARS-CoV-2 Based on Graphene-Impedimetric Immunosenso. MATERIALS, v. 14, n. 15, . (17/24274-3)
BRONZATO, GIOVANA R. F.; DOS REIS, VICTOR A. C. A.; BORRO, JESSYCA A.; LEAO, ALCIDES L.; CESARINO, IVANA. Second generation ethanol made from coir husk under the biomass Cascade approach. MOLECULAR CRYSTALS AND LIQUID CRYSTALS, v. 693, n. 1, SI, p. 107-114, . (17/24274-3)
SILVA, MARTIN K. L.; CESARINO, IVANA. Electrochemical sensor based on Sb nanoparticles/reduced graphene oxide for heavy metal determination. INTERNATIONAL JOURNAL OF ENVIRONMENTAL ANALYTICAL CHEMISTRY, . (17/24274-3)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.