Busca avançada
Ano de início
Entree

O inibidor de protease de origem vegetal Enterolobium contorsiliquum reduz a hiperresponsividade da via aérea, inflamação e remodelamento em um modelo experimental de asma com camundongos

Processo: 18/24232-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de fevereiro de 2019 - 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Iolanda de Fátima Lopes Calvo Tibério
Beneficiário:Iolanda de Fátima Lopes Calvo Tibério
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Asma  Pneumologia  Peptídeo hidrolases 

Resumo

Introdução: Os inibidores de proteinases têm sido associados a atividades anti-inflamatórias e antioxidante e podem representar um alvo terapêutico para a asma. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos do inibidor de tripsina Enterolobium contortisiliquum (EcTI) sobre a função da mecânica do sistema respiratório, recrutamento eosinofílico, citocinas inflamatórias, remodelamento e estresse oxidativo em um modelo experimental de inflamação pulmonar alérgica crônica. Métodos: Camundongos BALB / c foram divididos em 4 grupos: C (solução salina i.p. e inalações com solução salina), OVA (ovoalbumina i.p. e inalações com ovoalbumina); C + EC (solução salina i.p., inalações com sine e tratamento com EcTI); OVA + EC (ovoalbumina i.p., inalações com ovoalbumina e tratamento com EcTI). No dia 29, realizamos os seguintes testes: resistência (Rrs) e elastância (Ers) do sistema respiratório; (b) contagem de eosinófilos, 8-ISO-PGF2±, frações de volume de fibras colágenas e elásticas; (c) células positivas para IFN-³, IL-4, IL-5, IL-13, MMP-9, TIMP-1, TGF-², iNOS e p65-NFºB nas paredes das vias aéreas e dos septos alveolares. Resultados: No grupo OVA + EC, houve atenuação da Rs e Ers, redução de eosinófilos, redução de células positivas para IL-4, IL-5, IL-13, IFN-³, iNOS e p65-NF ºB em relação ao grupo OVA. As frações de volume das fibras colágenas, elásticas e de 8-ISO-PGF2±, assim como as células positivas para as células MMP-9, TIMP-1 e TGF-² positivas foram reduzidas em OVA + EC em relação ao grupo OVA. Conclusão: O EcTI atenua a hiper-responsividade brônquica, a inflamação, a remodelação e a ativação do estresse oxidativo neste modelo experimental de asma em camundongos. (AU)