Busca avançada
Ano de início
Entree

Integração de estudos de associação genômica ampla e sequenciamento do genoma completo fornecem um novo entendimento sobre deposição de gordura em galinha

Processo: 18/21802-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de novembro de 2018 - 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Luiz Lehmann Coutinho
Beneficiário:Luiz Lehmann Coutinho
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Genética quantitativa  Genômica  Genética animal 

Resumo

A deposição excessiva de gordura é um fator negativo para a produção de aves porque reduz a eficiência alimentar, aumenta o custo da produção da carne e é uma preocupação de saúde para os consumidores. Nós genotipamos 497 aves de uma população experimental brasileira em esquema F2 de frangos, usando uma matriz de SNP de alta densidade (600K), para estimar a herdabilidade genômica de características relacionadas à deposição de gordura e identificar regiões genômicas e genes candidatos posicionais (PCGs) associados a essas características. Regiões de assinatura de seleção, blocos de haplótipos e dados de SNP de um estudo prévio de sequenciamento do genoma completo nos fundadores dessa população de frango F2 foram usados para refinar a lista de PCGs e para identificar possíveis SNPs causais. Obtivemos alta herdabilidade genômica (0,43 - 0,56) e identificamos 22 QTLs únicos para gordura abdominal e características de conteúdo de gordura na carcaça. Esses QTLs abrigavam 26 PCGs envolvidos em processos biológicos, como diferenciação de células adiposas, níveis de insulina e triglicerídeos, e processo de biossíntese de lipídios. Três destes 26 PCGs estavam localizadas dentro de blocos de haplótipos que abrigam SNPs associadas a características de gordura, cinco se sobrepuseram a regiões de assinatura de seleção e 12 continham variantes deletérias preditas. Os QTLs identificados, os PCGs e os SNPs potencialmente causais fornecem novos insights sobre o controle genético da deposição de gordura e podem levar a uma melhor precisão na seleção para reduzir a deposição excessiva de gordura em galinhas. (AU)