Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial biotecnológico de micro-organismos na produção de substâncias antibacterianas para uso na agricultura

Processo: 18/11747-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2019 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Daiane Cristina Sass
Beneficiário:Daiane Cristina Sass
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Pesq. associados:Derlene Attili de Angelis ; Henrique Ferreira ; Lara Durães Sette ; Maria Lúcia Carneiro Vieira
Assunto(s):Citrus  Produtos naturais  Biotecnologia  Microbiologia aplicada  Fungos  Xanthomonas  Maracujá 

Resumo

As bactérias do gênero Xanthomonas afetam culturas agrícolas de grande importância econômica no Brasil. O controle destas bactérias é realizado pela utilização de compostos químicos sintéticos (a maioria a base de cobre), entre outras práticas, que causam impactos negativos na saúde e ao meio ambiente, tornando a busca de alternativas sustentáveis de combate a estas bactérias cada vez mais importante. Uma possível alternativa aos produtos químicos sintéticos que tem despertado grande interesse é a aplicação de produtos naturais microbianos. Neste sentido, nosso grupo de pesquisa tem se dedicado a buscar fungos que produzam compostos com potencial ação contra Xanthomonas. Recentemente encontramos fungos, isolados da Antártica, produtores de extratos com atividade antibacteriana contra Xanthomonas causadoras de doenças em citros e maracujá. Em outro trabalho descobrimos alguns fungos endofíticos associados à Passiflora incarnata com potencial para produção de compostos no combate a Xanthomonas responsável pela bacteriose no maracujá. Estes resultados são de grande importância na busca de compostos antibacterianos naturais para uso na agricultura. Assim o presente projeto pretende dar continuidade a estes estudos, avaliando a atividade destes extratos diretamente em plantas de citrus e maracujá, purificar e identificar os compostos bioativos contra as Xanthomonas. Além disso, este projeto propõem também investigar (in vitro e in planta) a ação de fungos isolados da rizosfera sob cultivo de laranjas contra X. citri subsp. citri. Dessa forma, este trabalho poderá resultar na obtenção de fungos, extratos e/ou produtos naturais com alto potencial antibacteriano a serem utilizados na agricultura. (AU)