Busca avançada
Ano de início
Entree

Controle traducional no câncer - Parte II

Processo: 18/17796-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2019 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Glaucia Noeli Maroso Hajj
Beneficiário:Glaucia Noeli Maroso Hajj
Instituição-sede: A C Camargo Cancer Center. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Isabela Werneck da Cunha ; Martín Roffé ; Tiago Góss dos Santos ; Victor Piana de Andrade ; Vilma Regina Martins
Assunto(s):Neoplasias  Oncologia  Glioma  Serina-treonina quinases TOR 

Resumo

Processos celulares como a proliferação e a diferenciação, dependem do correto controle da tradução de mRNAs. É bem conhecido que a tradução de mRNAs que promovem o crescimento tumoral está favorecida pela alteração de vias de sinalização que regulam o processo de síntese protéica. Assim, o controle traducional em tumores é especialmente importante por regular a expressão gênica ao nível da formação de proteínas, efetivos mediadores moleculares das alterações tumorais. Neste projeto pretendemos estudar diferentes facetas do controle traducional e estabelecer mecanismos de como este controle afeta os processos tumorais. Na primeira parte deste projeto, financiada pelo auxílio regular a pesquisa 2014/15550-9, estabelecemos métodos inovadores de estudo de RNAs diferencialmente traduzidos, o que levou ao delineamento de subgrupos moleculares clinicamente relevantes para tipos tumorais como os glioblastomas. Nesta segunda parte do projeto, pretendemos validar os achados de RNAs diferencialmente traduzidos em glioblastomas e ampliar o estudo para outros tipos tumorais como o adenocarcinoma de mama e carcinoma renal de células claras, que também possuem alterações descritas em vias de sinalização que regulam a tradução. Como estratégia complementar, também serão avaliados nestes tumores proteínas envolvidas no controle traducional como os fatores de início de tradução (eIFs). Adicionalmente, serão exploradas também outras modalidades de controle traducional pouco conhecidas, como a metilação de RNAs mensageiros. Estas vias serão exploradas em modelos funcionais e amostras humanas. Estas abordagens complementares tem o potencial de desvendar mecanismos ainda pouco compreendidos na biologia tumoral e auxiliar tanto no desenvolvimento de novas terapias quanto na efetiva aplicação da medicina personalizada para pacientes com perfis moleculares selecionados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SULLA LUPINACCI, FERNANDA CRISTINA; KUASNE, HELLEN; ROFFE, MARTIN; VASSALAKIS, JULIA AVIAN; DA SILVA, FERNANDA FERREIRA; SANTOS, TIAGO GOSS; ANDRADE, VICTOR PIANA; SANEMATSU, PAULO; MARTINS, VILMA REGINA; ROGATTO, SILVIA REGINA; MAROSO HAJJ, GLAUCIA NOELI. Polysome Profiling of a Human Glioblastoma Reveals Intratumoral Heterogeneity. INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES, v. 20, n. 9 MAY 1 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.