Busca avançada
Ano de início
Entree

Complexos metálicos com ligantes derivados da lausona e aciltioureas, com potenciais atividades anticancerígenas: estudos in vitro e in vivo

Processo: 18/19342-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2019 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Alzir Azevedo Batista
Beneficiário:Alzir Azevedo Batista
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Farmacologia  Compostos de rutênio  Citotoxicidade  Bioinorgânica 

Resumo

ResumoNa busca de novos compostos de coordenação com atividade antitumoral e sem toxicidade, ou com toxicidade menor que os fármacos baseados na platina, compostos de rutênio emergem como os mais promissores. Portanto, torna-se necessário avaliar as potencialidades antitumorais desses novos compostos bem como compreender a relação existente entre a localização intracelular e os mecanismos de citotoxicidade. Os objetivos desse trabalho se fundamenta na síntese e caracterização de novos complexos fosfinícos associados à ligantes derivados da lausona, visto que estudos recentes desenvolvidos em nosso laboratório mostraram que compostos fosfínicos de rutênio, contendo a lausona, ou o lapachol mostraram-se bastante ativos e seletivos. Assim, novos compostos de rutênio/fosfina serão sintetizados, caracterizados e suas atividades em células tumorais serão avaliadas. A localização da distribuição dos compostos na célula, caracterizando o alvo celular associado com sua citotoxicidade dos compostos em linhagens celulares tumorais humanos invasivos, de mama triplo-negativa (MDA-MB-231) e mama duplo positiva (MCF-7), também em célula não-tumorigênica de mama (MCF-10A) será estudada. O mecanismo de ação relacionado a citotoxicidade dos compostos será avaliado por estudos de interação com o DNA e HSA, determinação dos níveis de espécies reativas de oxigênio (ROS) intracelular, bem como o padrão de morte celular por citometria de fluxo e microscopia de fluorescência. Análises de Western blotting auxiliarão na compreensão sobre as principais proteínas expressas e suas vias metabólicas envolvidas na citotoxicidade e por meio da microscopia confocal será possível relacioná-los a sub-localização celular. Além disso, experimentos in vivo serão realizados neste trabalho com o modelo Zebra fish. Todos esses resultados em conjunto nos fornecerão subsídios para elucidação dos possíveis mecanismos de ação para os complexos sintetizados, auxiliando na busca por novos compostos que possam atuar como agentes terapêuticos cada vez mais eficazes no combate ao câncer. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.