Busca avançada
Ano de início
Entree

Biossíntese de produtos naturais, marcação isotópica e análise por RMN

Processo: 19/03742-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 20 de maio de 2019 - 26 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva
Beneficiário:Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva
Pesquisador visitante: Bernd Schneider
Inst. do pesquisador visitante: Max Planck Society, Jena, Alemanha
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/25299-6 - Estudos integrados para o controle de formigas cortadeiras, AP.TEM
Assunto(s):Produtos naturais  Plantas  Biossíntese  Cumarínicos  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

O Prof. Schneider é um grande especialista em biossíntese de produtos naturais, em especial nas classes "phenylphenalenones" e cumarinas. Ambos citados em seu CV em anexo. Nós recentemente iniciamos estudos de biossíntese de cumarinas e os resultados estão facilitando novos trabalhos sobre a ativação da expressão da proteína preniltransferase em Citrus, visando aumentar principalmente os níveis de xantiletina nas plantas e, assim, aumentar a resistência contra fitopatógenos. O Prof. Schneider vem trabalhando com uma das principais enzimas envolvidas na biossíntese dessas cumarinas, a CYP71AZ P450. Assim, a vinda desse professor visa estreitar nossas relações nesse tema, e contribuir com a produção de citros no futuro. A programação é ele ministrar durante uma semana um curso envolvendo biossíntese com aplicação genética e análise de intermediários via RMN. O segundo objetivo da vinda do Prof. Schneider é ele transferir sua experiência no uso da "Triple Resonance MicroCryoProbe", específico para análise de intermediários em concentrações abaixo de micrograma. Nós importamos essa sonda via o temático INCT 2014/50918-7, o qual não se encontra no SAGE, com isso não foi possível correlaciona-lo com essa solicitação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.