Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2018/18212-8: espectrômetro de fluorescência de Raios-X

Processo: 19/01102-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de março de 2019 - 28 de fevereiro de 2026
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Fabíola Manhas Verbi Pereira
Beneficiário:Fabíola Manhas Verbi Pereira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/18212-8 - Desenvolvimento de modelos quimiométricos para determinação de impurezas sólidas na matéria prima cana-de-açúcar utilizando o potencial da Fluorescência de Raios-X por energia dispersiva, AP.R
Assunto(s):Bioenergia  Cana-de-açúcar  Impurezas  Quimiometria  Espectrometria de fluorescência  Espectrômetros  Aquisição de equipamentos  Equipamentos multiusuários  Recursos para a pesquisa 
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU:https://www.iq.unesp.br/#!/laboratorios-multiusuarios/espectrometro-de-fluorescencia-de-raios-x/
Tipo de equipamento:Caracterização de Materiais - Espectroscopia - Emissão de raios-X (ICP, ICP-MS, LIBS)
Fabricante: Rigaku
Modelo: NEX QC+

Resumo

Impurezas sólidas necessitam ser detectadas no setor sucroalcooleiro. Compreende-se por impurezas, o material oriundo da própria planta (folhas verdes e secas), bem como o solo onde a planta foi coletada. O impacto das impurezas sólidas se dá principalmente no caldo, acarretando em aumento de consumo de reagentes químicos para promover a clarificação, visto que a remoção total deste material sólido é difícil e ainda leva às perdas durante a extração. Já no produto final, as impurezas podem ser adicionadas como no caso de areia em açúcar cristalizado, para possíveis vantagens econômicas ilícitas. O impacto da presença de impurezas é elevado, tanto na qualidade do produto quanto no meio-ambiente. Assim, pretende-se utilizar diversas estratégias analíticas para o desenvolvimento de métodos passíveis de detectar impurezas, bem como modelos aplicáveis ao setor sucroalcooleiro para minimizar perdas, aumentar o uso máximo da matéria-prima e atingir elevada qualidade nos produtos açúcar e álcool. (AU)