Busca avançada
Ano de início
Entree

II SCIBIZ - Science meets business

Processo: 18/26070-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 25 de fevereiro de 2019 - 01 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Empresas
Pesquisador responsável:Moacir de Miranda Oliveira Junior
Beneficiário:Moacir de Miranda Oliveira Junior
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Inovação  Empreendedorismo  Negócios internacionais 

Resumo

O objetivo do II SciBiz é o de unir a Universidade, as Empresas e o Governo para fomentar a pesquisa e discussão na área de inovação e empreendedorismo. Com o evento, pretende-se estabelecer uma agenda contínua de pesquisas na área, cujos resultados serão apresentados em conferências anuais. Essas conferências contarão com a presença de pesquisadores brasileiros, estrangeiros e centros de excelência em pesquisa dedicados ao tema inovação e empreendedorismo, considerando-se todos os aspectos e atores que regem as interações entre academia-indústria-governo. A universidade empreendedora assume um papel proativo ao disponibilizar conhecimento acadêmico para utilização por empresas e ao possibilitar que novos projetos fomentem a criação de novos conhecimentos desempenhando um papel relevante como incubadora de firmas baseadas em tecnologia. Dessa forma, a universidade passa a ser um elo da cadeia de inovação e a integrar um modelo interativo de inovação ao invés do modelo linear na qual estava inserida. O governo age como um empreendedor público e como um capitalista sujeito a risco aliado à sua função regulatória tradicional ao estabelecer regras e normas que regem os empreendimentos. Ecossistemas de inovação abrangem empreendedores, universidades, governos em seus vários níveis, clusters, parques tecnológicos, incubadoras de empresas, aceleradoras, coworkings, corporate venture, capital de risco, incluindo anjos, venture capital e private equity, assim como agências de fomento à inovação em seus vários estágios. A realização do SciBiz juntamente com a Open Innovation Week representa uma oportunidade de destacar a participação das universidades brasileiras como protagonistas no fomento à inovação, no desenvolvimento de novos produtos e ideias no país. A pesquisa de ponta em inovação gerada em universidades empreendedoras, aliada a governo e indústrias pode dar origem a regiões inovadoras como as do Vale do Silício. (AU)