Busca avançada
Ano de início
Entree

Cultura de pele organotípica como alternativa para avaliação de segurança e eficácia de fotoprotetores: Validação utilizando formulações contendo nanopartículas de óxido de zinco e comparação com as respostas obtidas no meio de cultura

Resumo

A exposição à radiação ultravioleta é o principal fator de risco para o desenvolvimento de câncer de pele. Atenção especial deve ser dada à exposição a longo prazo porque ela é a principal responsável pelo envelhecimento prematuro e pelo câncer de pele. Os estudos de segurança e eficácia avaliam as formulações fotoprotetoras em condições agudas de exposição à radiação ultravioleta, o que não condiz com as reais condições de uso do produto. Dessa forma, o primeiro objetivo desse trabalho é validar o estabelecimento de uma cultura de pele organotípica que se mantenha viável por 30 dias e seja susceptível a ser exposta a vários ciclos de radiação. Em abril de 2016 o anexo VI da Regulamentação de Produtos Cosméticos da União Europeia foi alterado para estabelecer que as nanopartículas de oxido de zinco (ZOn) são seguras para serem utilizadas como filtros em produtos fotoprotetores. Desde então existe um constante debate sobre a segurança da aplicação tópica das ZOn, já que o documento de opinião em oxido de zinco publicado pela SCCS menciona vários trabalhos acerca das ZOn que dificilmente possuem relação entre si. Isso se deve ao fato de muitos trabalhos terem desenvolvido as próprias nanopartículas ou avaliado apenas determinados parâmetros, como características físicas das nanopartículas, ou apenas sua penetração na pele. Em função disso, o segundo objetivo é avaliar a segurança e eficácia da utilização tópica das ZOn, o que validará a cultura de pele organotípica estabelecida. O terceiro objetivo é comparar os resultados obtidos para a cultura de pele organotípica com o meio de cultura, visando uma agilidade na execução metodológica. Essa etapa possui grande relevância, pois reduz o tempo para realizar os ensaios, o que é de suma importância na indústria. Para isso serão determinados os parâmetros que podem ser avaliados no meio de cultura sem comprometer a correta interpretação dos resultados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)