Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de catalisadores suportados em grafeno para a hidrogenação seletiva do CO2 a ether Dimetílico (DME)

Processo: 18/18798-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2019 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Adriana Maria da Silva
Beneficiário:Adriana Maria da Silva
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Pesq. associados:Livia Melo Carneiro ; Márcio Steinmetz Soares ; Maurício Ribeiro Baldan
Assunto(s):Grafenos  Catálise heterogênea 

Resumo

Esta pesquisa visa ao desenvolvimento de catalisadores bi-funcionais, suportados em grafeno, para a produção seletiva do éter dimetílico (DME) a partir da hidrogenação do CO2, em uma única etapa. Portanto, o objetivo desta pesquisa é o desenvolvimento de catalisadores com estrutura M/grafeno-D, onde M é um metal de transição (Cu, Co, Ni e Pd) e D um dopante (Nb, Zr, Al e Si). Os sítios M estão relacionados à hidrogenação e formação do metanol, o qual consiste em um intermediário na formação do DME. Já o dopante tem o papel de conferir sítios ácidos ao suporte para assegurar a desidratação do metanol. O desempenho catalítico será correlacionado com os sítios ativos para a produção seletiva do DME. As propriedades físico-químicas e estruturais do catalisador serão determinadas através das seguintes técnicas: Fluorescência de Raios-X (XRF); Difração de Raios-X (XRD); Análise Termogravimétrica acoplada a um Espectrômetro de Massas (TGMS); Fisissorção de N2; Microscopia Eletrônica de Alta Resolução (HRTEM); Espectroscopia de Fotoeletróns Excitados por Raios-X (XPS); Temperatura Programada de Dessorção - (TPD de CO2 e TPD de NH3). O mecanismo da reação será avaliado através de caracterização in situ: Reação Superficial a Temperatura Programada (TPSR) e Espectroscopia por Reflectância Difusa no Infravermelho (DRIFTS). Os catalisadores serão testados na reação de hidrogenação do CO2 em um reator de leito fixo, sob condições de temperatura, pressão, velocidade espacial e razão H2/CO2, previamente otimizadas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.