Busca avançada
Ano de início
Entree

Dexametasona durante a gestação prejudica a renovação de cétulas beta-pancreáticas maternas durante a lactação

Processo: 19/03283-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de abril de 2019 - 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Silvana Auxiliadora Bordin da Silva
Beneficiário:Silvana Auxiliadora Bordin da Silva
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidez  Lactação  Endocrinologia  Glucocorticoides 

Resumo

Ilhotas pancreáticas de ratas prenhes desenvolvem um aumento transitório na taxa de proliferação e massa de células ² pancreáticas. O aumento da apoptose durante o início da lactação contribui para a rápida reversão dessas alterações morfológicas. A exposição a glicocorticóides sintéticos durante a gravidez foi previamente relatada como prejudicial para a secreção de insulina, mas seus impactos nas alterações morfológicas das ilhotas pancreáticas durante a gravidez e lactação não foram descritos. Para resolver este problema, nós avaliamos as características morfológicas e moleculares das ilhotas pancreáticas de ratos que foram submetidos a gravidez não perturbada (CTL) ou foram tratados com dexametasona entre o 14º e 19º dias de gestação (DEX). As ilhotas pancreáticas foram analisadas no 20º dia de gestação (P20) e no 3º, 8º, 14º e 21º dias de lactação (L3, L8, L14 e L21, respectivamente). Ilhotas pancreáticas de ratos CTL exibiram aumentos transitórios na proliferação celular e massa de células ² pancreáticas no P20, que foram revertidas em L3, quando um aumento transitório na apoptose foi observado. Isto foi seguido pelo aparecimento de características morfológicas da neogênese das ilhotas pancreáticas em L8. Ilhotas de ratos DEX não demonstraram um aumento na apoptose em L3, o que coincidiu com um aumento na expressão de marcadores de macrófagos M2 em relação aos macrófagos M1 e marcadores de linfócitos T. Ilhotas de ratos DEX também não exibiram as características morfológicas da neogênese das ilhotas pancreáticas em L8. Nossos dados demonstram que as ilhotas pancreáticas maternas passam por um processo de renovação durante a lactação que é prejudicada pela exposição à DEX durante a gravidez. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.