Busca avançada
Ano de início
Entree

Negros em São Paulo: um mapeamento crítico

Processo: 17/26249-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2019 - 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Ana Cláudia Castilho Barone
Beneficiário:Ana Cláudia Castilho Barone
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/20681-9 - Negros em São Paulo: um mapeamento crítico, BP.TT
19/14903-9 - Negros em São Paulo: um mapeamento crítico, BP.TT
Assunto(s):Relações étnicas e raciais  Comunidade negra  Espaço urbano  Memória coletiva  Bairros  São Paulo (SP) 

Resumo

Este projeto de pesquisa se inscreve no contexto do Laboratório de Estudos sobre Relações Étnico-Raciais e o Espaço Urbano - LabRaça, recentemente criado na FAUUSP e por nós coordenado. Contrapondo-se a uma perspectiva que apresenta a história da cidade de São Paulo no período republicano a partir do ponto de vista da elite branca, este projeto visa a reconstruir essa história por meio da inclusão do ponto de vista do grupo negro como sujeito ativo. O foco do trabalho volta-se, portanto, para a localização do grupo negro na cidade, os modos de apropriação dos bairros onde se fixou e concentrou e a produção da memória coletiva desses locais, entendida aqui como uma forma de resistência ante o projeto de expulsão, apagamento da visibilidade desse grupo na cidade. A realização do mapeamento crítico proposto por meio deste projeto, atrelado a uma investigação sobre o processo de formação das concentrações de população negra em determinados bairros da cidade no período em questão, tornará possível avaliar as condições de sua permanência nos bairros, dando insumos para uma análise das estratégias de resistência, fixação e apropriação da cidade utilizadas por essa população. (AU)