Busca avançada
Ano de início
Entree

Reduzindo tempo sedentário em populações clínicas: o estudo take a stand for health

Resumo

Um crescente número de evidências demonstra que o comportamento sedentário (i.e., o tempo excessivo gasto em posição sentada ou deitada) é um fator de risco independente que predispõe à piores indicadores de saúde e maior mortalidade por todas as causas em diversas populações. Nesse contexto, novas intervenções focadas na redução do tempo sedentário poderiam ser de grande relevância terapêutica. Até o presente momento, no entanto, poucos são os estudos investigaram este tópico. Este programa de pesquisa terá como objetivo investigar, de forma abrangente, os efeitos clínicos, fisiológicos, metabólicos e moleculares da redução do comportamento sedentário em populações clínicas específicas. Para tal finalidade, realizaremos 3 ensaios clínicos randomizados controlados e 3 estudos laboratoriais agudos envolvendo pacientes com artrite reumatoide, submetidos à cirurgia bariátrica e com comprometimento cognitivo leve. Todos estes estudos estão sob o título Take a stand for health. Os ensaios clínicos randomizados controlados de grupos paralelos de 4 meses visam investigar a viabilidade e a eficácia de uma nova intervenção focada na substituição do tempo sedentário por uma atividade física leve (ou muito leve) nestas populações. Serão aplicadas uma série de técnicas consideradas padrão-ouro para avaliar os efeitos da intervenção sobre vários desfechos, incluindo tempo sedentário (desfecho primário), nível de atividade física, parâmetros clínicos específicos de cada condição, fatores de risco cardiometabólicos, função imune e qualidade de vida. Além disso, serão realizadas análises moleculares no músculo esquelético e no sangue a fim de investigar os possíveis mecanismos relacionados a esta intervenção. Os estudos crossover agudos visam investigar potenciais mecanismos relacionados aos efeitos de interrupções regulares ao comportamento sedentário (i.e., 3 minutos de caminhada a cada 30 minutos durante 8 horas) versus uma sessão de exercício de 30 minutos seguida de comportamento sedentário prolongado, ou apenas permanecer em comportamento sedentário contínuo (controle), em condições laboratoriais bem controladas. Nestes estudos, avaliaremos parâmetros fisiológicos e metabólicos (i.e., pressão arterial, parâmetros relacionados à sensibilidade à insulina, perfil lipídico e marcadores inflamatórios) ao longo das sessões experimentais. Além disso, iremos explorar respostas moleculares no músculo esquelético e no sangue provocadas pelas diferentes condições através da análise de genes e proteínas potencialmente moduladas pela (in)atividade física; bem como realizaremos análises untargeted (i.e., proteômica e metabolômica). Nossa equipe de pesquisa envolve diversos especialistas nacionais e internacionais que atuam da área clínica à ciência translacional; e nossas instalações de pesquisa oferecem plena capacidade para a realização dos estudos planejados. Os achados deste programa de pesquisa serão de suma relevância clínica, uma vez que poderão fornecer base para novas prescrições voltadas para a redução do comportamento sedentário, que é um fator de risco importante, modificável e, até o momento, ignorado em populações clínicas. Do ponto de vista científico, este projeto irá originar dados de ponta, que poderão ser altamente influentes em diversos áreas, incluindo Ciências Médicas, Ciência do Exercício, Saúde Pública e Ciências Básicas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Cleaning the blood to treat yellow fever 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (10)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ASTLEY, CAMILLA; PINTO, ANA JESSICA; BONFA, ELOISA; DA SILVA, CLOVIS ARTUR ALMEIDA; GUALANO, BRUNO. Gaps on rheumatologists' knowledge of physical activity. CLINICAL RHEUMATOLOGY, JAN 2021. Citações Web of Science: 0.
BARRETO, GABRIEL; GRECCO, BEATRIZ; MEROLA, PIETRO; GONCALVES REIS, CAIO EDUARDO; GUALANO, BRUNO; SAUNDERS, BRYAN. Novel insights on caffeine supplementation, CYP1A2 genotype, physiological responses and exercise performance. EUROPEAN JOURNAL OF APPLIED PHYSIOLOGY, v. 121, n. 3 JAN 2021. Citações Web of Science: 0.
NICOLETTI, CAROLINA FERREIRA; ESTEVES, GABRIEL PERRI; GENARIO, RAFAEL; SANTO, MARCO AURELIO; DE CLEVA, ROBERTO; GUALANO, BRUNO; ROSCHEL, HAMILTON. Nutritional Inadequacies Among Post-bariatric Patients During COVID-19 Quarantine in Sao Paulo, Brazil. OBESITY SURGERY, NOV 2020. Citações Web of Science: 0.
PECANHA, TIAGO; MEIRELES, KAMILA; PINTO, ANA JESSICA; NUNES REZENDE, DIEGO AUGUSTO; IRAHA, AMANDA YURI; MAZZOLANI, BRUNA CARUSO; SMAIRA, FABIANA INFANTE; KLUSER SALES, ALLAN ROBSON; BONFIGLIOLI, KARINA; DE SA-PINTO, ANA LUCIA; LIMA, FERNANDA RODRIGUES; IRIGOYEN, MARIA CLAUDIA; GUALANO, BRUNO; ROSCHEL, HAMILTON. Increased sympathetic and haemodynamic responses to exercise and muscle metaboreflex activation in post-menopausal women with rheumatoid arthritis. JOURNAL OF PHYSIOLOGY-LONDON, v. 599, n. 3 NOV 2020. Citações Web of Science: 2.
PECANHA, TIAGO; GOESSLER, KARLA FABIANA; ROSCHEL, HAMILTON; GUALANO, BRUNO. Social isolation during the COVID-19 pandemic can increase physical inactivity and the global burden of cardiovascular disease. AMERICAN JOURNAL OF PHYSIOLOGY-HEART AND CIRCULATORY PHYSIOLOGY, v. 318, n. 6, p. H1441-H1446, JUN 2020. Citações Web of Science: 2.
GONCALVES, LIVIA DE SOUZA; KRATZ, CAROLINE; SANTOS, LIVIA; CARVALHO, VICTOR HENRIQUE; SALES, LUCAS PEIXOTO; NEMEZIO, KLEINER; LONGOBARDI, IGOR; RIANI, LUIZ AUGUSTO; DE OLIVEIRA LIMA, MARCELO MIRANDA; SAITO, TIEMI; FERNANDES, ALAN LINS; RODRIGUES, JOICE; JAMES, RUTH MARGARET; SALE, CRAIG; GUALANO, BRUNO; GELONEZE, BRUNO; GENNARI DE MEDEIROS, MARISA HELENA; ARTIOLI, GUILHERME GIANNINI. Insulin does not stimulate beta-alanine transport into human skeletal muscle. AMERICAN JOURNAL OF PHYSIOLOGY-CELL PHYSIOLOGY, v. 318, n. 4, p. C777-C786, APR 2020. Citações Web of Science: 0.
PINTO, ANA JESSICA; DUNSTAN, DAVID W.; OWEN, NEVILLE; BONFA, ELOISA; GUALANO, BRUNO. Combating physical inactivity during the COVID-19 pandemic. Nature Reviews Rheumatology, APR 2020. Citações Web of Science: 0.
PINTO, ANA JESSICA; PECANHA, TIAGO; MEIRELES, KAMILA; BENATTI, FABIANA BRAGA; BONFIGLIOLI, KARINA; DE SA PINTO, ANA LUCIA; LIMA, FERNANDA RODRIGUES; RODRIGUES PEREIRA, ROSA MARIA; COSTA IRIGOYEN, MARIA CLAUDIA; TURNER, JAMES EDWARD; KIRWAN, JOHN P.; OWEN, NEVILLE; DUNSTAN, DAVID W.; ROSCHEL, HAMILTON; GUALANO, BRUNO. A randomized controlled trial to reduce sedentary time in rheumatoid arthritis: protocol and rationale of the Take a STAND for Health study. Trials, v. 21, n. 1 FEB 12 2020. Citações Web of Science: 0.
SMAIRA, FABIANA INFANTE; MAZZOLANI, BRUNA CARUSO; PECANHA, TIAGO; DOS SANTOS, KAMILA MEIRELES; NUNES REZENDE, DIEGO AUGUSTO; ARAUJO, MARIA EUGENIA; BONFIGLIOLI, KARINA; SCAGLIUSI, FERNANDA BAEZA; BENATTI, FABIANA BRAGA; DE SA PINTO, ANA LUCIA; LIMA, FERNANDA RODRIGUES; PEREIRA, ROSA MARIA R.; ROSCHEL, HAMILTON; GUALANO, BRUNO; PINTO, ANA JESSICA. Ultra-processed food consumption associates with higher cardiovascular risk in rheumatoid arthritis. CLINICAL RHEUMATOLOGY, v. 39, n. 5 JAN 2020. Citações Web of Science: 1.
DOLAN, EIMEAR; ARTIOLI, GUILHERME G.; PEREIRA, ROSA MARIA R.; GUALANO, BRUNO. Muscular Atrophy and Sarcopenia in the Elderly: Is There a Role for Creatine Supplementation?. BIOMOLECULES, v. 9, n. 11 NOV 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.