Busca avançada
Ano de início
Entree

Programação fetal: consolidação de parceria internacional e interinstitucional no âmbito da UNESP/Botucatu

Processo: 19/02864-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 15 de maio de 2020 - 14 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Luis Antonio Justulin Junior
Beneficiário:Luis Antonio Justulin Junior
Pesquisador visitante: Elena Zambrano Gonzalez
Inst. do pesquisador visitante: Instituto Nacional de Ciencias Médicas y Nutrición Salvador Zubirán (INCMNSZ), México
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia do desenvolvimento  Diabetes gestacional  Desenvolvimento fetal 

Resumo

Resumo Nas últimas décadas tem sido observado um aumento da incidência de doenças relacionadas a alterações no metabolismo, que afetam tanto crianças como adultos. Dentre as mais prevalentes estão a obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e até mesmo alguns tipos de câncer. Evidências epidemiológicas demonstram que doenças crônicas podem ter origem a partir de insultos sofridos ainda durante o desenvolvimento intrauterino, condição conhecida como Programação Fetal (PF). Apesar disso, os mecanismos moleculares envolvidos neste processo são pouco conhecidos. Considerando a extensa experiência da Dra. Elena Zambrano sobre esta temática, acreditamos que sua permanência por um período de 2 meses trata imenso ganho a todos os docentes e alunos envolvidos em estudos sobre PF. Em um primeiro contato, ocorrido em 2017, a Dra. Elena Zambrano participou de uma disciplina sobre a temática oferecida em conjunto por 3 Programas de Pós-Graduação da UNESP e os resultados foram altamente proveitosos. Foi neste período que a Dra Zambrano se colocou à disposição para colaborar em projetos de pesquisa com nosso grupo. Nesta nova oportunidade, dada às características da proposta de professor visitante (período maior de permanência, além de disciplinas de pós-graduação, a Dra Elena, participará de reuniões semanais com diversos grupos de pesquisa, discussão de resultados e confecção de manuscritos e novas propostas). Esforços estão sendo empenhados para que a Dra. Zambrano seja credenciada como membro permanente junto aos programas de pós-graduação, fato que certamente favorecerá o intercâmbio e co-orientação entre os alunos da UNESP e Instituto Nacional de Ciências Médicas e Nutricionais Salvador Zubirán. Também estamos juntando esforços para que, em um futuro próximo, possamos elaborar um Projeto Temático com a participação de docentes/pesquisadores da UNESP, além de outras instituições nacionais e do exterior. Neste contexto, a participação da Dra. Zambrano, que é pesquisadora do Instituto Nacional de Ciências Médicas do México e reconhecida internacionalmente pela sua contribuição na área, será de fundamental importância. Considerando o número de docentes e alunos (tanto de pós-graduação como de iniciação científica) envolvidos em projetos nessa temática, associada à importância socioeconômica de estudos que busquem elucidar o papel do ambiente intrauterino/perinatal sobre saúde da progênie, a colaboração da Dra. Zambrano trará enorme contribuição, não somente pela sua experiências no entendimento dos efeitos de diferentes formas de Programação Fetal, mas também alavancará o impacto e visibilidade e dos projetos e publicações sobre Programação Fetal. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.