Busca avançada
Ano de início
Entree

Vulnerabilidade de mulheres que fazem sexo com mulheres a agravos relacionados à saúde mental, sexual e reprodutiva e situação de violência

Processo: 18/19649-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2019 - 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Marli Teresinha Cassamassimo Duarte
Beneficiário:Marli Teresinha Cassamassimo Duarte
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Teresa de Abreu Ramos Cerqueira ; Márcia Guimarães da Silva ; Margareth Aparecida Santini de Almeida ; Silvia Cristina Mangini Bocchi
Assunto(s):Vulnerabilidade em saúde  Homossexualidade feminina  Violência  Vaginose bacteriana  Saúde sexual e reprodutiva  Saúde mental  Saúde pública 

Resumo

A presente investigação dará continuidade ao estudo "Acesso a Serviços de Saúde e Saúde Sexual e Reprodutiva de Mulheres que fazem Sexo com Mulheres" Processo FAPESP número: 2015/04224-6 e terá como objetivo aprofundar o conhecimento sobre vulnerabilidade de mulheres que fazem sexo com mulheres (MSM) no que diz respeito à saúde mental, sexual e reprodutiva e situação de violência. Estudo quantitativo e qualitativo, de corte transversal, que será desenvolvido no município de Botucatu/SP, por meio de quatro subprojetos: I) "Vulnerabilidade de mulheres que fazem sexo com mulheres à vaginose bacteriana"; II) Caracterização do microbioma vaginal de mulheres que fazem sexo com mulheres. III) "Sofrimento psíquico e consumo abusivo de álcool em mulheres que fazem sexo com mulheres"; IV) "Situações de violência vivenciadas por mulheres que fazem sexo com mulheres" e V) "Experiência de mulheres que fazem sexo com mulheres com o cuidado de sua saúde sexual e reprodutiva". A composição do grupo MSM ocorrerá mediante divulgação da pesquisa e aplicando-se a técnica de amostragem em bola de neve e a do grupo mulheres que fazem sexo apenas com homens por convite àquelas que comparecerem ao serviço para qualquer tipo de demanda. Os dados quantitativos serão obtidos por meio da aplicação de questionário padronizado, instrumentos validados (AUDIT e SRQ-20), exame ginecológico e analisados por estatística descritiva, teste Mann-Whitney, qui-quadrado ou exato de Fisher e regressão logística múltipla. A obtenção dos dados qualitativos se dará por entrevista não diretiva, pautada em questões norteadoras e serão analisados empregando-se o referencial da teoria fundamentada nos dados (Grounded Theory). (AU)