Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação dos compostos bioativos e atividade antioxidante em variedades de tomates (Lycopersicon esculentum l.) in natura e após processamento térmico

Processo: 19/00021-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2019 - 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Angela Vacaro de Souza
Beneficiário:Angela Vacaro de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Engenharia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Tupã. Tupã , SP, Brasil
Assunto(s):Processamento de alimentos  Compostos fenólicos  Antioxidantes  Bioquímica de alimentos 

Resumo

O objetivo do estudo é comparar o impacto do processamento por cozimento em comparação aos frutos in natura no conteúdo de compostos bioativos (vitamina C, carotenóides, compostos fenólicos e flavonóides) e na atividade antioxidante de 9 variedades de tomate ainda não comerciais produzidas na cidade de Tupã-SP. Os frutos serão colhidos quando atingirem coloração vermelho-brilhante e transportados ao Laboratório de Biologia da Faculdade de Ciências e Engenharia da Unesp de Tupã para serem selecionados e avaliados in natura e após trituração e cozimento por 30 minutos. Ao final do experimento, espera-se que os resultados obtidos tragam elucidações acerca da influência do processamento térmico na quantificação de compostos citados e atividades antioxidante das variedades estudadas. Com isso surgirão novas indagações acerca deste processamento em outras espécies e variedades vegetais. O projeto apresenta importância devido ao grande leque e volume de produtos derivados do tomate presentes no mercado e ao se estudar profundamente o impacto da tecnologia em compostos bioativos que trazem benefícios à saúde é possível apresentar ao consumidor que é cada vez mais consciente e exigente produtos de qualidade superior. (AU)