Busca avançada
Ano de início
Entree

Epidemiologia molecular de enterobactérias resistentes aos carbapenêmicos e estudo da colonização intestinal como risco de infecção e disseminação por enterobactérias produtoras de carbapenemases

Processo: 18/19243-4
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2019 - 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Patricia Severino
Beneficiário:Patricia Severino
Instituição Sede: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE). Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados: Fernando Gatti de Menezes ; Marinês Dalla Valle Martino
Assunto(s):Infecção hospitalar  Epidemiologia molecular  Klebsiella pneumoniae  Tipagem de sequências multilocus  Enterobacteriaceae 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Enterobactérias | Epidemiologia Molecular | Infecção Hospitalar | Klebsiella pneumoniae | Mlst | Sequenciamento de genomas | Microbiologia hospitalar

Resumo

A resistência bacteriana é um problema de saúde pública mundial. As bactérias multirresistentes (MDR) são de difícil erradicação e rápida disseminação, ocasionando mortes e surtos de infecção em ambientes hospitalares. No Brasil, enterobactérias resistentes aos carbapenêmicos (ERC), principalmente produtoras de KPC (ERC KPC) são consideradas epidêmicas e as taxas de mortalidade por ERC chegam a 48%. Esta panorâmica tende a se agravar com a carência de novos antibióticos. Neste contexto, estudos que contribuam para o controle da disseminação de bactérias MDR são necessários. Assim, o objetivo deste trabalho é identificar clones endêmicos e esporádicos presentes em dois hospitais da cidade de São Paulo que possuem políticas distintas quanto ao uso de antimicrobianos e à vigilância epidemiológica, através da caracterização molecular das ERC, avaliando também a natureza da transmissão de elementos de resistência no decorrer do tempo através do sequenciamento de genomas. Pretende-se ainda determinar a carga intestinal relativa de ERC e ERC KPC e relacioná-la com os riscos de desenvolvimento de infecções e/ou transmissão com o objetivo de contribuir com estratégias de prevenção e controle de infecções principalmente por ERC KPC. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MIGLIORINI, LETICIA B.; DE SALES, ROMARIO O.; KOGA, PAULA C. M.; DOI, ANDRE M.; POEHLEIN, ANJA; TONIOLO, ALEXANDRA R.; MENEZES, FERNANDO G.; MARTINO, V, MARINES D.; GALES, ANA C.; BRUEGGEMANN, HOLGER; et al. Prevalence of bla(KPC-2), bla(KPC-3) and bla(KPC-30)-Carrying Plasmids in Klebsiella pneumoniae Isolated in a Brazilian Hospital. PATHOGENS, v. 10, n. 3, . (18/19243-4)
MIGLIORINI, LETICIA BUSATO; LEADEN, LAURA; DE SALES, ROMARIO OLIVEIRA; CORREA, NATHALIA PELLEGRINI; MARINS, MARYANA MARA; KOGA, PAULA CELIA MARIKO; TONIOLO, ALEXANDRA DO ROSARIO; DE MENEZES, FERNANDO GATTI; MARTINO, MARINES DALLA VALLE; MINGORANCE, JESUS; et al. The Gastrointestinal Load of Carbapenem-Resistant Enterobacteriacea Is Associated With the Transition From Colonization to Infection by Klebsiella pneumoniae Isolates Harboring the bla(KPC) Gene. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 12, p. 8-pg., . (18/19243-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.