Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização, estudo de citocinas e infecções virais em lesões de estomatites relacionadas ao uso de inibidores de mTOR em pacientes transplantados renais

Processo: 18/02568-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2019 - 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Fabiana Martins e Martins de Oliveira
Beneficiário:Fabiana Martins e Martins de Oliveira
Instituição-sede: Universidade de Santo Amaro (UNISA). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Aluisio Augusto Cotrim Segurado ; Elias David-Neto ; Ligia Camera Pierrotti ; Paulo Henrique Braz da Silva
Assunto(s):Infectologia  Transplante de rim 

Resumo

O mammalian target of rapamycin mTOR, é uma serina/treonina quinase é associada a múltiplas atividades celulares, foram desenvolvidas drogas que inibem sua função, os chamados inibidores do mTOR (imTOR), representados pelo sirolimo e everolimo, com propriedades imunossupressoras ou antineoplásicas. Efeitos adversos associados: proteinúria, diabetes mellitus, hiperlipidemia dermatites e estomatite oral. As mTOR induced stomatitis (mIAS) tem como diagnóstico diferencial estomatites aftosas recorrentes ou lesões por herpesvirus. O objetivo deste estudo será analisar o perfil de citocinas, e investigar infecções virais pós-Tx renal, em pacientes que desenvolveram ou não estomatites associadas ao uso de imTOR e comparativamente avaliar pacientes que fazem uso de outros imunossupressores, secundariamente, realizar exames intraorais para identificação de focos infecciosos, caracterizar as lesões de mIAS e analisar células epiteliais bucais (CEB) destes pacientes. Serão realizadas coletas da saliva, sangue periférico e CEB em pacientes transplantados renais que fazem uso de inibidores de mTOR (G1mTOR) e outros tipos de terapias imunossupressoras (G2imuno). Para a análise das citocinas pró-inflamatórias, será utilizada a técnica (Luminex®), serão analisadas as seguintes citocinas: (IL-6, IFN-gama, IL-10, IL-8, e TNF-alfa); pesquisa dos vírus será feita a PCR e qPCR (PCR quantitativo em tempo real) para detecção e quantificação dos herpesvírus em sangue periférico e saliva, e poliomavirus (BK) em sangue periférico. As alterações citológicas, serão estudadas através da coloração de Papanicolau. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA, MARCIO AUGUSTO; REIS, BRUNA; PALLOS, DEBORA; KIM, YEON JUNG; BRAZ-SILVA, PAULO HENRIQUE; MARTINS, FABIANA. The Importance of Histopathological Examination to the Final Diagnosis of Peripheral Odontogenic Tumors: A Case Report of a Peripheral Odontoma. CASE REPORTS IN DENTISTRY, v. 2019, SEP 8 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.