Busca avançada
Ano de início
Entree

Semântica diacrônica do português brasileiro

Processo: 18/24710-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de abril de 2019 - 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Histórica
Pesquisador responsável:Rodolfo Ilari
Beneficiário:Rodolfo Ilari
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Português do Brasil 

Resumo

Trata-se do décimo-primeiro e último volume da série História do Português Brasileiro, idealizada e dirigida pelo Prof. Ataliba Teixeira de Castilho.Mais da mais da metade dos volumes desta coleção já foram publicados ou se encontram em preparação pela Editora Contexto, de São Paulo, apoiada pela FAPESP e por outras agências nacionais de financiamento á pesquisa. A série constitui o coroamento de um trabalho de décadas, que começou pelo levantamento, em vários pontos do país, da documentação ainda existente sobre o português falado desde o período colonial, sua recuperação física, publicação e análise, com vistas a disponibilizá-la ao leitor moderno. Os vários volumes (publicados ou por publicar) analisam esse e corpus e outros documentos do português brasileiro do passado na perspectiva de uma disciplina linguística definida (sintaxe, morfologia, fonologia/fonética) procurando sistematizar as principais linhas de mudança observadas na evolução da língua em cada uma dessas áreas. De acordo com o plano do idealizador, não poderia faltar na coleção um volume dedicado á mudança semântica, daí um convite que foi prontamente aceito pelos dois organizadores, e que resultou, depois de um período de contatos mais ou menos bem sucedidos, na formação de uma equipe de pesquisadores com formação prévia em semântica (não necessariamente diacrônica) que se dispuseram a produzir trabalhos sobre mudança semântica no PB. Em ordem alfabética, os nomes desses pesquisadores são os seguintes: Albert Wall (Universidade de Zurich, Suíça), Alessandra Castilho da Costa (UFRN), Hélio de Oliveira (Doutorando - Unicamp), Janderson Lemos de Souza (PUC-Rio), Juanito Ornellas Avelar (Unicamp) Laura Álvarez (U.de Estocolmo), Luisandro Mendes de Souza (UFRGS), Márcio Renato Guimarães (UFPR), Maria Lúcia Leitão de Almeida (UFRJ), Martin Becker (Universidade de Colônia - Alemanha), Maurício Resende (Doutorado, Unicamp), Renato Miguel Basso (UFSCar), Rodolfo Ilari (Unicamp), Teresa Cristina Wachowicz (UFPR), Valdirene Rammé (UNILA-PR), Verena Kewitz (USP).A semântica que se faz no Brasil segue orientações diversificadas que ás vezes conflitam, mas é invariavelmente sincrônica. Dado esse contexto teórico, e dada a escassez de descrições atualizadas, esta Semantica Diacrônica do PB não poderia de maneira nenhuma ser um trabalho de síntese. Ao contrário, viu-se obrigada a buscar definições (teóricas, metodológicas, etc.) desenvolvendo análises que vêm marcadas pela preocupação de capitalizar os ganhos acumulados em outras áreas da linguística. Nesse sentido, as principais perguntas a que o livro responde são: a) sobre mudanças de sentido que podem ser observadas fora do léxico, o campo tradicionalmente considerado para esse fim, b) sobre a possível existência, na mudança semântica, de regularidades comparáveis ás que se encontram na sintaxe, e sujeitas a uma formalização rígida, c) sobre a melhor maneira de extrair da leitura dos corpora evidências seguras de mudança semântica, d) sobre o processo de incorporação á língua de palavras e sentidos novos, que pode ser indireta, envolvendo ás vezes a adoção da novidade por grupos sociais específicos. Como ficou dito, essas indagações constituem uma motivação a mais em doze capítulos que são antes de mais nada de análise, e todo o esforço dos autores e organizadores foi no sentido de garantir que essas análises fossem, tanto quanto possível, descritiva e teoricamente adequadas, e expositivamente transparentes. A Introdução fornece dados mais precisos sobre cada um dos capítulos, seu assunto e sua importância teórica. Dela retiramos a frase que descreve o futuro que desejamos ao o livro: que cumpra o papel de relançar os estudos de semântica diacrônica e sobretudo de semântica diacrônica do Português do Brasil, praticamente estagnados por décadas. Que ele seja lido, criticado e rapidamente superado. (AU)