Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação da emissão e variáveis chaves envolvidas na produção de gases de efeito estufa por excreta de caprinos, equinos e ovinos em pastagens

Processo: 18/16273-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais - Regular
Vigência: 01 de maio de 2019 - 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Pastagens e Forragicultura
Pesquisador responsável:Ana Cláudia Ruggieri
Beneficiário:Ana Cláudia Ruggieri
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Pesq. associados:Abmael da Silva Cardoso ; Ricardo Andrade Reis
Assunto(s):Gases do efeito estufa  Mudança climática  Óxido nitroso  Equinos 

Resumo

O Brasil possui um enorme rebanho de caprinos, ovinos e equinos e atualmente a emissão dos gases de efeito estufa (GEE) e volatilização de amônia (NH3) emitidos por esses animais tem sida estimada através de fatores de emissão default do painel intergovernamental para mudanças climáticas (IPCC). Igualmente o impacto das características das excretas e efeito de variáveis chaves sobre a produção dos GEE foi pouco estudada. O objetivo deste projeto é quantificar a emissão de GEE por excretas de caprinos, ovinos e equinos, avaliar o efeito da composição química das fezes sobre os fluxos de metano (CH4) e óxido nitroso (N2O), medir a volatilização de NH3 derivadas das excretas, a variação diurna dos GEE em 3 sistemas de uso da terra (agricultura, pastagens e floresta) e a sensibilidade dos fluxos dos gases a variação da temperatura em pastagens manejadas sobre diferentes intensidades de pastejo. Para atingir os objetivos serão conduzidos seis experimentos para avaliar a emissão de GEE no campo e em laboratório. O experimento 1 terá os seguintes tratamentos: fezes e urina de caprinos e ovinos, o 2: fezes, urina e cama de equinos; o 3: fezes de bovinos, caprinos e ovinos; o 4: avaliação de NH3 de excretas de caprinos, equinos e ovinos, 5: avaliação da variação diurna dos GEE em 3 tratamentos (agricultura, floresta e pastagens) e 6: avaliação do efeito da variação na temperatura sobre os fluxos dos GEE em pastagens sobre diferentes intensidades de pastejo. (AU)