Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema de simulação on-line de balanço de massa e energia para usinas de açúcar e álcool

Processo: 07/52004-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2008 - 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Claudio Adriano Policastro
Beneficiário:Claudio Adriano Policastro
Empresa:Atenatec Soluções Tecnológicas Ltda. - ME
Município: São Carlos
Auxílios(s) vinculado(s):09/51657-4 - Sistema de simulação online de balanço de massa e energia para usinas de açúcar e álcool, AP.PIPE
Bolsa(s) vinculada(s):08/01115-8 - Sistema de simulação on-line de balanço de massa e energia para usinas de açúcar e álcool, BP.TT
08/01029-4 - Sistema de simulação on-line de balanço de massa e energia para usinas de açúcar e álcool, BP.TT
07/56689-6 - Sistema de simulação on-line de balanço de massa e energia para usinas de açúcar e álcool, BP.PIPE
08/01024-2 - Sistema de simulação on-line de balanço de massa e energia para usinas de açúcar e álcool, BP.TT
Assunto(s):Desenvolvimento de software  Indústria sucro-alcooleira  Açúcar  Álcool 

Resumo

O presente projeto tem como objetivo o desenvolvimento de uma ferramenta computacional que possibilite a modelagem e a simulação dos equipamentos e processos de produção de açúcar e álcool para fins de análise de eficiência produtiva, energética e exergética de plantas industriais de usinas de açúcar e álcool. Embora existam no mercado softwares que constituem soluções de uso para a modelagem e simulação, como as oferecidas pelas empresas ASPENTECH, SIMTECH, RSI SIMCON e FANTOFT, além dos softwares SUGARS TM e o IPSEPro. Estas ferramentas ainda são pouco empregadas no mercado sucroalcooleiro nacional, devido aos altos custos de adaptação necessária para utilização das mesmas à realidade das usinas e aos custos de aquisição e customização de tais ferramentas. Adicionalmente, a maioria destas ferramentas demanda um número de sensores e entradas de dados que não podem ser supridos diretamente pelas plantas industriais do setor. Ainda, muitos destes softwares não contemplam alguns modelos específicos para as usinas de açúcar e álcool nacionais, como é o caso modelos de fermentação e colunas de destilação, não existentes no software SUGARS TM. A relevância deste projeto consiste na combinação inovadora de tecnologias no estado-da-arte das áreas de Engenharia Química, Térmica, de Automação e Inteligência Computacional para o desenvolvimento de um produto de software nacional que integra modelos termodinâmicos específicos para os equipamentos e processos das Usinas de açúcar e álcool, métodos de resolução de balanço de massa, energia e exergia. Adicionalmente, pode-se citar que o emprego de técnicas de inteligência computacional para a construção de sensores virtuais constitui uma importante inovação em relação aos softwares comerciais existentes e supre a falta de sensores reais nas plantas produtivas, evitando investimentos adicionais em novos sensores. Deve-se ressaltar também o emprego de técnicas de otimização para a busca da melhor condição operacional da planta, dado um cenário inicial especificado pelo usuário. Este projeto viabilizará uma melhor alternativa para o mercado, com um produto nacional de menor custo em relação aos similares importados e mais condizente com a realidade das atuais plantas industriais encontradas em território nacional. Além disso, uma empresa brasileira possibilitaria um suporte técnico ininterrupto e de baixo custo; cursos de treinamento e aperfeiçoamento nas áreas correlatas; e uma maior integração com o mercado local, permitindo uma adequação do produto às necessidades específicas de determinados usuários. Para viabilizar o negócio gerado com o sistema de simulação proposto, o modelo de negócio adotado é a prestação de serviço especializada no mercado sucroalcooleiro utilizando ferramentas tecnológicas próprias. Como forma de posicionamento da empresa em seu setor de atuação, a Atenatec buscou a formalização de alianças estratégicas para a minimização dos riscos mercadológicos, tecnológicos e de gestão. Essas parcerias permitem a manutenção de uma estrutura operacional enxuta, composta somente por mão de obra técnica altamente especializada. Nosso mercado consumidor inicial é formado por 125 usinas de açúcar e álcool, associadas ao Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), um de nossos parceiros estratégicos. (AU)