Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo neurobiológico da recaída ao uso de cocaína e crack: identificação de plasticidades em neuronal ensembles que armazenam memórias relacionadas com a adição de drogas

Processo: 18/15505-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores - Fase 2
Vigência: 01 de maio de 2019 - 30 de abril de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Fabio Cardoso Cruz
Beneficiário:Fabio Cardoso Cruz
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Cleopatra da Silva Planeta ; Gustavo José da Silva Pereira ; Paola Palombo ; Paula Cristina Bianchi ; Rodrigo Molini Leão ; Sheila Antonagi Engi
Vinculado ao auxílio:13/24986-2 - Participação de pequenos grupos neurais seletivamente ativados (neuronal ensembles) na reinstalação da autoadministração de etanol induzida pelo ambiente: investigação farmacogenética, optogenética e molecular, AP.JP
Assunto(s):Cocaína  Autoadministração  Etanol 

Resumo

Dados correlacionais sugerem que o aprendizado associativo é armazenado por pequenos grupos neurais conectados entre si através de sinapses fortes, chamados de neuronais ensembles. Esses neurônios são ativados seletivamente durante o processo de aprendizado de uma tarefa. Até recentemente tem sido difícil provar que os neuronais ensembles mediam comportamentos de aprendizado e memória. Isto se dá devido ao fato que as técnicas moleculares e farmacológicas (tradicionais ou mais modernas como a optogenética), alteram a atividade dos neurônios sem considerar o seu estado de ativação durante um determinado comportamento. Adicionalmente, estudos prévios que investigaram alterações moleculares em sinapses induzidas por comportamentos de aprendizado e memória não distinguem os neurônios ativados pelo comportamento dos não ativados. Baseados nessas considerações, nos propusemos algumas metodologias consideradas de fronteira do conhecimento (duplamarcação, optogenética, quimiogenética, análise proteomica, eletrofisiologia e uso de animais transgênicos e vetores virais) para investigas diferentes as neuroadapatações em neuronal ensembles, em diferentes regiões encefálicas, relacionadas a reinstalação da busca de etanol ou a incubação do craving de cocaína induzida pelo ambiente. O entendimento da participação dos neuronais ensembles nesses comportamentos e a maneira com que repetidas administrações de drogas associadas a um ambiente altera esses neurônios, irá nos ajudar a compreender como drogas de abuso produz comportamentos de aprendizado e memória, que tornam o indivíduo susceptível a recaída ao uso de drogas. E assim proporcionará a descoberta e validação de novos alvos terapêuticos para o tratamento da adicção. Desta forma, nossos objetivos gerais são: a) Identifica e caracterizar os neuronais ensembles e suas alterações moleculares desenvolvidas durante a incubação do craving de cocaína. Para tanto usaremos os ratos transgênicos c-Fos_Teop::iCre, vetores virais Cre-dependentes, citometria de fluxo de neurônios seguido por espectrometria de massa, opotogenética, para identifica e demostrar a função desses ensembles, presentes no núcleo acumbens, que são repetitivamente ativados durante a incubação do craving de cocaína; b) Demonstrar a especificidade contextual para diferentes neuronais ensembles que supostamente medeiam o recaída e a extinção da busca de etanol. Nós pretendemos demonstrar através de técnicas de quimiogenética (c-Fos_LacZ e Daun02) e optogenética (canais halorodopsina) o papel desses neurônios em cada um destes comportamentos. E elucidar através do uso de eletrofisiologia as neuroadapatações presentes nas sinapses desses neurônios seletivamente ativados durante a recaída ou a extinção da autoadministração de etanol em ratos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.